Sexta-Feira, 13 de Abril de 2018, 09h:31

Tamanho do texto A - A+

Advogado que matou traficante na Morada do Ouro será julgado

Por: REDAÇÃO

Reprodução

ADVOGADO WAGNER

 Advogado matou traficante na Morada do Ouro

O advogado Wagner Rogério Neves de Souza da Silva, 39 anos, que é acusado de ter matado a tiros o traficante Anderson Nascimento Gonçalves, 34, em novembro de 2014, será submetido a Juri Popular. O crime foi praticado em plena luz do dia em frente uma agência bancária no bairro Morada do Ouro em Cuiabá.

 

Mesmo preso no Centro de Custódia da Capital (CCC), Wagner faz sua própria defesa e impetrou habeas corpus para ser colocado em liberdade. O mérito do HC, impetrado em novembro de 2016, foi julgadoe negado pelo unanimidade pelos magistrados da 2ª Câmara Criminal. O relator do caso é o desembargador Alberto Ferreira de Souza.

 

Em março do ano passado o advogado réu pelo crime de homicídio qualificado já tinha ingressado com outro habeas corpus que também foi negado por unanimidade e arquivado pelo TJMT em junho.

 

Na época do crime, câmeras de vigilância registraram o momento exato da execução às 12h45 quando o traficante Anderson conversava com um homem ao lado de um caminhão e foi surpreendido e morto a tiros por 2 homens que passaram numa caminhonete branca.



Representando a acusação nesta ação, atuará o promotor de Justiça Jaime Romaquelli.

 

O advogado está preso no Centro de Custódia de Cuiabá, onde aguardará o julgamento. 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei