Segunda-Feira, 12 de Fevereiro de 2018, 11h:26

Tamanho do texto A - A+

Advogado deve impetrar novo pedido de liberdade para cabo Gerson Correa

Por: JESSICA BACHEGA

Os advogados do cabo Gerson Correa, acusado de envolvimento em escutas clandestinas, irá impetrar novo pedido de liberdade para seu cliente, essa semana. O militar teve o requerimento de relaxamento do regime negado na sexta-feira (9), pelo Conselho Militar, durante audiência presidida pelo juiz Murilo Mesquita, da Décima Primeira Vara Especializada Justiça Militar. O caso ficou conhecido como Grampolândia Pantaneira. 

 

Alan Cosme/HiperNotícias

gerson julgamento.jpg

 Cabo Gerson está preso 

Ao fim da audiência, os quatro coronéis que do Conselho decidiram por revogar a prisão preventiva do coronel Zaqueu Barbosa e impor a ele a prisão domiciliar e medidas cautelares, como uso de tornozeleira eletrônica. Os pedidos do Coronel Evandro Lesco e Ronelson Barros, para deixarem a prisão domiciliar, foram negados.

 

Após a audiência, Gerson não quis falar com a imprensa, mas seu advogado Neymam Monteiro, adiantou que irá recorrer da decisão e que precisa conversar com seu cliente, “depois de uma paulada dessa”, como classificou.

 

O advogado avaliou como injusta a decisão da sexta-feira, diante do depoimento das testemunhas e da decisão favorável ao coronel Zaqueu.

 

“O coronel tem mais crimes que ele [Gerson]  e foi concedida à soltura. O Gerson tem dois crimes”, afirma o jurista. O cabo é acusado de falsidade ideológica e falsificação de documentos.

 

Conforme Monteiro, Gerson era peça primordial ao trabalho do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), pois dominava as tecnologias de escuta e teve papel decisivo na realização de operações contra a criminalidade no Estado.

 

“Várias operações foram feitas. Naquela época não tinha muita tecnologia para essa finalidade. Dominando esse mecanismo ele foi muito útil à sociedade”, salienta.

 

Questionado sobre um possível acordo de delação premiada junto ao MPE, o advogado afirma que não vai se manifestar sobre o tema e que o cabo é que irá decidir. 

 

Leia também

Perri decreta prisão de cabo Gerson e determina busca e apreensão

Decisão de Conselho Militar tira coronel Zaqueu da cadeia após 264 dias encarcerado

"Cabo Gerson passou por cima da ordem de coronéis", diz conselho ao negar liberdade

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto