Quarta-Feira, 20 de Setembro de 2017, 11h:30

Tamanho do texto A - A+

Acusado de esmagar cabeça de desafeto com pedaços de concreto é absolvido

Por: JESSICA BACHEGA

O réu Benedito Faria de Queiróz, popularmente conhecido como “Dito”, foi absolvido da acusação de homicídio de Henrique Arruda Taborga, ocorrido em 2009. O rapaz foi submetido a júri popular e a sentença proferida pela juíza Mônica Catarina Perri, titular da Primeira Vara Criminal de Cuiabá. A absolvição foi amparada na falta de provas contra Queiróz.

 

Agora MT

HOMICÍDIO

 

Segundo a ação, Queiroz e outras pessoas teriam matado a pedradas a vítima, no dia 10 de junho, no bairro Santa Marta, em Cuiabá. 

 

Em audiência, o acusado negou a autoria do crime e contou que Evalcir Rodrigues da Silva, vulgo “Teca”, seria o autor do crime, cometido a mando de um comerciante da região. O comércio do mandante do crime teria sido roubado pela vítima dias antes. 

 

Testemunhas relataram que, na noite anterior ao crime, viram Dito e Teca chamando a vítima para um local afastado no bairro. Que depois o corpo de Henrique foi encontrado com a cabeça esmagada por golpes de pedaços de concreto.

 

Benedito foi preso em 2013 e encaminhado para a Penitenciária Central do Estado (PCE), mas teve a prisão revogada poucos meses após a prisão.

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto