Domingo, 15 de Abril de 2018, 15h05
Abril Verde
É tempo de tratamento justo e igualitário perante a lei para mortes e acidentes de trabalho

JOÃO PEDRO VALENTE

 

arquivo/CREA-MT

João Pedro Valente/engenheiro/CREA-MT/artigo

 

Exatas 196.754 mil pessoas sofreram acidentes de trabalho em 2017 no Brasil. Desse total, 10.102 mil foram registrados em Mato Grosso, com 81 mortes. Os dados são do Ministério do Trabalho e Emprego, entidade que ao lado dos Creas de todo o País integram o movimento Abril Verde.

 

O Crea Mato Grosso e as Entidades de Classe registradas não poderiam deixar de levantar essa bandeira. Uma iniciativa com objetivo de discutir a questão da segurança e saúde do trabalhador mato-grossense.

 

A mobilização se faz necessária para tratar do tema das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho com o objetivo maior de reduzir os acidentes de trabalho e os agravos à saúde do trabalhador, e mobilizar o envolvimento da sociedade, dos órgãos de governos, empresas, instituições de ensino, associações, federações, sociedade civil organizada para prevenir e alertar sobre os problemas que ocorrem no mundo do trabalho e em decorrência do mesmo.

 

Essa iniciativa quer trazer saúde e a prevenção para dentro do local onde passamos grande parte do nosso dia, da nossa vida e produzimos a riqueza da sétima economia do mundo.

 

Apoiar essa iniciativa é acreditar que se pode fazer mais por um trabalho saudável e sem acidentes. Somente com o envolvimento, com a troca de informações, é que se pode favorecer uma cultura de prevenção à vida e à saúde no ambiente de trabalho.

 

No dia 28 de abril, pessoas de todo o mundo celebram o “Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho”. A data foi instituída por iniciativas de sindicatos canadenses e escolhida em razão de um acidente que matou 78 trabalhadores em uma mina no estado da Virgínia, nos Estados Unidos, em 1969. No Brasil, em maio de 2005, foi promulgada a Lei Nº 11.121, criando o Dia Nacional em memória das vítimas de acidentes e doenças do trabalho.

 

Em Mato Grosso, nós temos a Associação Mato-grossense de Engenheiros de Segurança do Trabalho (Amaest-MT) que congrega profissionais especialistas em cuidar da segurança do trabalhador e também está apoiando esse movimento. É tempo de tratamento justo e igualitário perante a lei para mortes e acidentes de trabalho. Acesse o endereço eletrônico http://www.abrilverde.com.br e saiba mais sobre o movimento.

 

*JOÃO PEDRO VALENTE é Engenheiro Agrônomo e Presidente do Crea-MT

 


Fonte: HiperNotícias
Visite o website: http://hipernoticias.com.br