Quinta-Feira, 11 de Outubro de 2018, 18h:22

Tamanho do texto A - A+

Rafinha aposta em histórico como visitante para Cruzeiro faturar a Copa do Brasil

Por: CONTEÚDO ESTADÃO

O Cruzeiro largou na frente na decisão da Copa do Brasil ao derrotar o Corinthians por 1 a 0 na última quarta-feira. Se a vantagem obtida no Mineirão foi mínima no placar, pode ser gigante para um time que tem se destacado por ter suas melhores atuações no torneio fora de casa. É nisso que Rafinha confia, visando o duelo de quarta-feira que vem em São Paulo.

"Foi muito importante essa vitória, independente do placar de 1 a 0. A gente sabe que o Corinthians jogando em casa é uma equipe muito forte, mas a nossa equipe jogando fora de casa vem fazendo grandes jogos, principalmente no mata-mata, já que o Mano (Menezes) consegue armar bem a nossa equipe e o time sempre entra com a consciência do que é necessário fazer. Então, espero que na próxima quarta-feira a gente entre ligado para conquistar o título", declarou nesta quinta-feira.

Nesta edição da Copa do Brasil, o Cruzeiro venceu em casa apenas pela primeira vez na quarta. Antes, acumulava dois empates e uma derrota contra Atlético-PR, Santos e Palmeiras. Diante de todas estas equipes, porém, os comandados de Mano Menezes buscaram vitórias como visitantes.

Para viajar em situação mais confortável, o Cruzeiro atacou o Corinthians e foi bastante superior na quarta, principalmente no primeiro tempo, em que marcou com Thiago Neves, acertou a trave e exigiu boas defesas de Cássio. Por isso, Rafinha considerou que o time mineiro merecia um placar maior.

"O Corinthians só se defendeu, o Fábio praticamente não fez nenhuma defesa no jogo inteiro, e nosso time mandou bola na trave, o Cássio fez uma grande defesa. É claro que a gente queria um resultado melhor, mas conseguimos o placar e temos que valorizar a nossa vantagem, pois ela será importante para buscar o título", afirmou.

Na próxima quarta, Rafinha deverá ser novamente titular, substituindo Arrascaeta, que está na seleção uruguaia. O Cruzeiro não poderá contar com Sassá, suspenso por seis partidas pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pelo soco dado em Mayke na semifinal com o Palmeiras, e Egídio, que levou o terceiro cartão amarelo contra o Corinthians.

(Com Agência Estado)
Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei