Quinta-Feira, 23 de Junho de 2016, 15h:01

Tamanho do texto A - A+

Após muito protesto, passagem da Tocha por Cuiabá assume clima de festa olímpica

Por: MAX AGUIAR/ RAYANE ALVES

A Tocha Olímpica, que está circulando todo o país como demonstração do início das Olimpíadas Rio 2016, chegou em Mato Grosso por volta das 9h50 desta quinta-feira (23), em um vôo da empresa Latam, escoltado por uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB).

 

Max Aguiar / HiperNotícias

Tocha RGA

 

Sob forte esquema de segurança, a Tocha será conduzida por um comboio para um ponto em frente ao Shopping de Várzea Grande, onde começará o revezamento em Mato Grosso.

 

Oito pessoas irão se revezar com a condução da tocha em Várzea Grande e outras 140 irão transitar pelas ruas da Capital. O aparato militar já está montado e o revezamento acontecerá a cada 200 metros.

 

Membros do Fórum Sindical afirmaram que os servidores do Poder Executivo que estão em greve vão acompanhar o revezamento da Tocha com um protesto pelo pagamento da Revisão Geral Anual (RGA).

 

ATUALIZADO ÀS 10h33

Protestos na largada

Cerca de 500 servidores públicos de Mato Grosso, que estão em greve devido ao não pagamento da Revisão Geral Anual (RGA), se manifestam em frente ao Shopping de Várzea Grande, ponto de saída do revezamento da Tocha Olímpica. 

 

O grupo está com faixas e cartazes e grita várias frases para chamar a atenção do público que prestigia o evento e, principalmente, das autoridades. A principal cobrança é o pagamento da RGA.

 

ATUALIZADO ÀS 10h41

Apresentação da cultura regional

O secretário-adjunto de Desenvolvimento do Turismo, Luiz Carlos Nigro, representa o governo do Estado na cerimônica de início do revezamento, que conta com uma apresentação de siriri. O ex-jogador de futebol Beto, do Dom Bosco, e o lutador de MMA Rafael Feijão também estão no local.

  

Alan Cosme / HiperNotícias

manifestacao tocha VG

 

ATUALIZADO ÀS 11h11

Segurança reforçada
Presente no evento, o secretário de Estado de Segurança Pública, Rogers Jarbas, afirmou que não vai tolerar desordem durante a passagem da Tocha e garantiu que o esquema de segurança não permitira qualquer incidente. Policiais da Rotam atuam na contenção da multidão de servidores que protestam no local.

 

ATUALIZADA ÀS 11h23

Professor é o primeiro a carregar a tocha

O primeiro a carregar a Tocha Olímpica é o professor Bolinha, que é deficiente visual. Ele recebeu a ajuda de outras pessoas para conduzir o símbolo dos jogos olímpicos. O trânsito neste momento na Avenida João Ponce de Arruda, em Várzea Grande, já está totalmente fechado para a passagem da Tocha.

Alan Cosme / HiperNotícias

revezamento tocha VG

ATUALIZADA ÀS 11h31

Atleta paraolímpico é o segundo

O segundo a conduzir a Tocha Olímpica é Lucas Prado, velocista paraolímpico de Rondonópolis, especialista nas provas dos 100 metros, 200 metros e 400 metros rasos. Ele perdeu a visão devido a um deslocamento da retina. Recebeu medalha de ouro no revezamento 4x100 nos Jogos Parapan-americanos de Toronto.

Alan Cosme / HiperNotícias

revezamento tocha VG

ATUALIZADA ÀS 11h43

Alan Cosme / HiperNotícias

revezamento tocha VG

 

Revezamento sob forte protesto
Os servidores do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público do Estado de Mato Grosso (Sintep-MT) estão acompanhando a caminhada da Tocha. Até mesmo populares que foram apenas para prestigiar o evento não estão aplaudindo o revezamento.

 

O principal coro dos manifestantes é “Taques é caloteiro”. O terceiro a carregar a tocha é o lutador jiu-jitsu, Daniel Portela.

 

ATUALIZADA ÀS 12h02

Revezamento sob forte protesto

Ainda sob forte protesto, a Tocha Olímpica deixou Várzea Grande rumo a Cuiabá, onde o revezamento continuará às 13h25. O último a carregar a Tocha na Cidade Industrial foi Igor Gonçalves, campeão mato-grossense de lançamento de disco e vice-campeão no arremesso de peso.

 

ATUALIZADO ÀS 14h06

Alan Cosme / HiperNotícias

manifestação RGA tocha

 

Grevistas obrigam comboio da Tocha a pegar desvio

Cerca de 500 servidores públicos em greve trancaram a Avenida do CPA no início da passagem da Tocha Olímpica por Cuiabá e obrigaram o comboio que carregava a "Chama" a pegar um desvio.

 

Quando começou o revezamento, manifestantes cercaram a Tocha, em um protesto ainda pacífico, mas bloqueando a passagem do portador da chama. Enquanto alguns tiravam selfies com a Tocha, muitos gritavam: "não vai ter calote!".

 

ATUALIZADO ÀS 14h14

Segurança reforçada
Há mais manifestantes em Cuiabá do que em Várzea Grande. Para assegurar a realização do evento, a segurança foi reforçada. O grupo de apoio das Olimpíadas  fez um novo cordão de isolamento no trajeto, mas os gritos dos servidores em greve continuam alto.

Alan Cosme / HIperNotícias

manifestação RGA tocha

Alan Cosme / HiperNotícias

tocha olimpica em cuiaba

 

ATUALIZADO ÀS 14h21

Ânimos acalmados

Após um momento de tensão no início do revezamento em Cuiabá, os ânimos acalmaram e os servidores diminuíram o tom do protesto. Eles ainda estão acompanhando a Tocha Olímpica por Cuiabá, gritando frases de ordem e apitando com narizes de palhaço. Contudo, agora deixam o evento correr tranquilamente.

 

ATUALIZADO ÀS 14h58
Começa a festa olímpica

Com o protesto sob controle, a Tocha Olímpica segue seu caminho normalmente pela Avenida do CPA, após ter passado pelo Centro Político Administrativo, e vai em direção à Avenida Miguel Sutil.

 

 

Uma multidão de populares comemora a passagem do símbolo das Olimpíadas Rio 2016, e o evento de revezamento da Tocha finalmente se torna uma festa.

Alan Cosme / HiperNotícias

tocha em cuiaba - vira festa

 

 

 15h30 - Tocha Olímpica chega no Centro de Cuiabá. Cadeirante de 70 anos é condutora. População das ruas aplaude exemplo de alegria e superação da idosa. 

 

Reprodução

Dona Maria

 

 

16h00 - Símbolo Olímpico passa em frente a um dos símbolos da cuiabania. A Igreja do Rosário ao fundo demonstra a fé do público cuiabano.

 

Assessoria

tocha

 

 

16h20 - Tocha chega ao bairro Goiabeiras, região nobre de Cuiabá. Ela deve seguir para a Arena Pantanal onde será acessa a pira Olímpica simbólica na noite desta quinta-feira (23).  

 

16h34 - Equipe do Comitê Olímpico para para o lanche da tarde no Supermercado Big Lar. Em cinco minutos, um novo revezador deve retormar a condução da Tocha e prosseguir o percurso. 

 

16H47 - Trânsito segue parado na Miguel Sutil e revezamento continua. Cadeirante, que participará das Paralimpíadas conduziu o símbolo olímpico. 

 

Christian Guimarães - Globo Esporte

cadeirante

 

 17h37 - Papai Noel de Cuiabá conduz a Tocha pelas ruas da capital. 

 

Globo Esporte

papai noel

 

 

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto