Terça-Feira 28 de Março de 2017
pesquisas

Sexta-Feira, 11 de Novembro de 2016, 11h:30

Tamanho do texto A - A+

Venda de carnes para mercado interno garante crescimento de empresa

Por: REDAÇÃO

assessoria

Celeiro Carnes Especiais

 

Com 10 anos de história, a empresa que começou com apenas três funcionários, em Rondonópolis, expande seus negócios e comemora os mais 300 empregos diretos e indiretos gerados em 2016. Focada no mercado interno de carnes com alta qualidade, a Celeiro Carnes Especiais conseguiu aperfeiçoar os produtos oferecidos e aumentar a participação no mercado.

 

O empreendimento surgiu em 2006, quando o empresário Marco Túlio Duarte Soares montou uma pequena empresa para distribuir carne ovina em Rondonópolis, cidade onde morava, e identificou uma lacuna nesse tipo de mercado. Ao fortalecer a cadeia de produção de cordeiros Soares viu a oportunidade de vender também carne bovina de alta qualidade e assim surgiu a Linha Euro, com animais Angus, conhecidos por ter a melhor carne do mundo, que é altamente marmorizada (possui gordura entre as fibras).

 

Após três anos de trabalho, a Celeiro começou a investir em lojas de carne especializadas, mudando o velho conceito de açougue ao oferecer aos clientes lojas de varejo de carnes com produtos acessíveis a diversos púlicos, de forma mais elaborada e com qualidade.

 

Com a evolução da marca, foram criados os sistemas delivery para churrasco, espetinhos prontos e hambúrgueres. Em 2016, os consumidores tiveram acesso ao kit da semana, que em seus primeiros meses teve uma média de venda de 15 caixas por dia, apenas em Cuiabá, número que continua crescendo.

 

Para atender o público que vai desde a família até supermercados e restaurantes, hoje a Celeiro possui parceria com sete frigoríficos do estado e mais de 50 fornecedores de

assessoria

Celeiro Carnes Especiais

 

carne que seguem regras rígidas como o rastreamento do rebanho desde o nascimento até a entrega ao consumidor, assim como exclusão de subprodutos de algodão (que alteram o gosto da carne) na alimentação do rebanho.

 

Ao todo, o consumidor pode escolher entre mais de 40 cortes de carnes, nas linhas Euro, América (com animais de raças zebuínas), Gourmet (cortes para alta gastronomia), Slim (carnes mais magras, macias e com menor índice de gordura, Box (espetinhos, hambúrgueres e carpaccio) e Cordeiro.

 

“Nossa empresa nasceu para explorar um mercado até então com pouca produção nacional, que era a oferta de carne de cordeiro. Investimos em pesquisas e analisamos as mudanças do mercado e fomos aperfeiçoando o que oferecemos para os nossos clientes. Para o próximo ano, a meta é entrar no mercado nacional, através de parcerias que estamos fechando com restaurantes e grandes redes de supermercado”, avalia a diretora da Celeiro Carnes Especiais, Cristiane Rabaioli.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei








Leia mais sobre este assunto

Nó de Cachorro

Nó de Cachorro

Escolas militares

Quanto pior, melhor

Secretário na escola

Lua de mel

Mais Notas

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Comentadas