Quarta-Feira, 01 de Agosto de 2018, 08h:59

Tamanho do texto A - A+

PróUnim comemora aniversário de idosos do Lar São Vicente de Paulo

Por: REDAÇÃO

O sábado (28 de julho) foi de festa para os internos do Lar dos Idosos São Vicente de Paulo, em Várzea Grande. Em especial para seis deles, que puderam comemorar seus aniversários com o apoio do Programa de Ação Social da Unimed Cuiabá (PróUnim). Eles ganharam presentes e um parabéns com direito a decoração, música, salgadinhos, bolo e muita interação com os voluntários do PróUnim

 

Divulgação

idosos do Lar São Vicente de Paulo

 

Os cumprimentos, desta vez, foram para os nascidos no mês de julho: Jacinto Pedro Pereira (03), Ana Luiza da Silva (20), Wilson Luis Nicolak (22), Ana de Araújo (24), Airso Barqueiro (26) e Isaurino José dos Santos (27). Mas as comemorações mensais de aniversário envolvem todos os internos, como uma maneira de resgatar e estimular o convívio festivo, proporcionando mais alegria aos idosos.

 

Uma atitude bastante elogiada por Elza Paes de Proença Cassim, membro do Conselho Fiscal da instituição. “É muito bonito esse trabalho que é prestado aqui pelo PróUnim, e pelos amigos voluntários. É muito gratificante, porque traz alegria. Eles fazem a unha (manicure/pedicure), ganham bolo, salgado, cantam parabéns. Eles se sentem muito felizes, valorizados, motivados”, elogiou.

 

O presidente do PróUnim, André Palma, explicou que faz parte da proposta do programa buscar essa interação com os idosos. “São meninas e meninos extraordinários, que passam aqui a tarde conosco uma vez por mês para celebrar os aniversariantes. Se pode perceber claramente a alegria, o conforto, o carinho, o olhar que nós temos diante destas pessoas e por isso o PróUnim se torna tão especial”, analisou o psicólogo.

 

A satisfação fica evidente também entre os voluntários, como conta Juliana Vieira de Almeida, operadora de telemarketing do Call Center da Unimed Cuiabá. “O sentimento é de gratidão, de troca de amor. Às vezes eles só querem que você esteja do lado deles, a troca de olhar, de energia. Acho que isso vale mais que qualquer coisa”, frisou. Entusiasta do trabalho, ela participa há cerca de um ano das ações do Instituto. “Hoje em dia o voluntariado faz parte da minha vida, amo o que faço, me dedico o máximo que puder. Às vezes deixo os meus filhos com pessoas longe só para participar”, revelou.

 

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei