Quinta-Feira, 28 de Junho de 2018, 15h:31

Tamanho do texto A - A+

Profissionais do transporte em Mato Grosso ganham linha de crédito exclusiva

Por: REDAÇÃO

Profissionais do transporte de cargas associados às cooperativas do segmento que atuam em Mato Grosso contam com mais um estímulo ao crescimento da atividade. Termo de intercooperação firmado entre a Central Sicredi Centro Norte e a Federação das Cooperativas de Transportes de Mato Grosso (Fetranscoop/MT), filiada à Organização das Cooperativas Brasileiras em Mato Grosso (OCB/MT) disponibiliza uma nova linha de crédito destinada à aquisição de veículos pesados. A intenção é ajudar os profissionais que transportam praticamente tudo que é produzido e consumido no país a ter melhores condições de trabalho e agregar renda, já que, com um veículo novo, os custos do transporte são menores e as possibilidades de frete aumentam, gerando maiores ganhos aos caminheiros.

 

Assessoria

Linha de crédito

 

A linha de crédito usa recursos próprios do Sicredi e pode ser acessada em qualquer agência de Mato Grosso. As taxas de juros iniciam em 0,99% ao mês e o prazo para pagamento é de até 60 meses, sendo que quanto menor o prazo, menor a taxa. Podem ser financiados veículos com até 10 anos de uso. Para contratar o crédito, o caminhoneiro terá de ser associado de uma cooperativa de transporte e de uma cooperativa do Sicredi.  

 

“Com essa linha de crédito estamos estruturando e fortalecendo uma das principais atividades do país, já que o Brasil e principalmente Mato Grosso, ainda dependem muito do transporte rodoviário para escoar a produção e trazer mercadorias para abastecer as indústrias e o comércio. Queremos ajudar no desenvolvimento e no crescimento desse setor”, afirma o presidente da Central Sicredi Centro Norte, João Spenthof.

 

Marcelo Angst, representante da Fetranscoop/MT, entidade ligada à Organização das Cooperativas do Brasil em Mato Grosso (OCB/MT), afirma que esta é uma grande conquista para o profissional do caminhão, que tem muita dificuldade em acessar crédito porque os juros são altos, o que torna difícil para eles a compra de um novo veículo, que é seu instrumento de trabalho. “A taxa fixada pelo Sicredi é diferenciada e será um incentivo à renovação da frota, especialmente do caminhão do trabalhador autônomo”, analisa.

 

Angst acrescenta que a linha de crédito será contratada pela pessoa física diretamente com a instituição financeira cooperativa, e que a Fetranscoop e a OCB apenas intermediaram a negociação e a formalização da parceria com o Sicredi. Para acessar a linha de crédito, o associado terá que apresentar um orçamento do veículo pesado a ser financiado, cuja proposta será submetida à análise da cooperativa de crédito, considerando a todas as normas internas e políticas estabelecidas pelo Banco Central.

 

“Essa intercooperação firmada com a Fetranscoop fortalece o cooperativismo e mostra que podemos trabalhar juntos para crescer, uma cooperativa ajuda a incrementar a outra através do crédito e gera resultados positivos para ambas e para a sociedade como um todo”, pontua o diretor de Desenvolvimento de Negócios da Central Sicredi Centro Norte, Ezio Filho de Almeida.

 

Ele complementa que se tornar um associado de cooperativa de crédito e realizar suas movimentações nela (contratando produtos e serviços) trazem pelo menos três vantagens: reduz os custos financeiros, já que os associados têm tarifas e taxas de juros menores que as praticadas por bancos tradicionais; o associado tem à sua disposição um gestor de relacionamento para cuidar dos seus interesses, com consultoria financeira para ajudar a tomar as melhores decisões na hora de investir e escolher as melhores linhas de crédito; e ainda participa da distribuição dos resultados, apurados ao fim de cada exercício, cujos valores voltam para os associados em sua conta corrente ou no seu capital na cooperativa.

 

Os benefícios do cooperativismo de crédito e as condições oferecidas pelo Sicredi para a compra de um caminhão novo conquistaram o caminhoneiro Adenilson José de Biazi, que é associado à Cooperativa dos Transportadores Autônomos de Primavera do Leste (Ctap). “A parceria é muito boa porque há muito tempo vínhamos tentando fazer algo nesse sentido para nos ajudar a comprar um veículo com custo menor. E o melhor de tudo é que podemos fazer isso com o nosso CPF. Vai depender das condições de cada um, dando mais liberdade na negociação”, pontua.

 

O profissional destaca que, com um caminhão novo os gastos são menores com oficina e combustível, por exemplo, além de a chance de ficar parado sem frete ser menor. “Com veículo novo podemos trabalhar mais e ganhar mais”. A Ctap foi fundada há 10 anos e atualmente possui 46 sócios, com uma frota de 53 caminhões. É considerada uma cooperativa de médio porte em Mato Grosso.

 

Parceria oficializada - O termo de intercooperação que oferece linha de crédito exclusiva para os profissionais do transporte foi assinado pela Central Sicredi Centro Norte e a Fetranscoop/MT no dia 18 de maio, durante o Fórum Ramo Transporte, realizado pela OCB/MT, em Cuiabá. O evento teve a participação de representantes de 10 cooperativas do setor.

 

Sobre o Sicredi

 

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão valoriza a participação dos 3,7 milhões de associados, os quais exercem um papel de dono do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com 1.500 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros. Mais informações estão disponíveis emwww.sicredi.com.br.  

 

*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

 

O Sicredi Centro Norte, composto pelos estados de Mato Grosso, Rondônia, Pará e Acre, tem cerca de 376 mil associados, com 166 agências em 134 municípios.

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto