Quinta-Feira, 11 de Outubro de 2018, 18h:12

Tamanho do texto A - A+

Pantanal Cozinha Brasil movimenta Cuiabá

Por: REDAÇÃO

A Capital está sediando um dos maiores eventos de gastronomia da região. Com muita informação no cardápio, o Pantanal Cozinha Brasil está movimentando Cuiabá, nestes dias 9 e 10 de outubro, com mais de 40 atividades em 26 horas de programação intensa, ingredientes genuínos e toques inovação com palestras, workshops, oficinas infantis, confeitaria, degustação e jantares especiais.

 

DIVULGAÇÃO

SEBRAE CULINARIA

 

Na abertura do evento, o irreverente chef de cozinha André Mifano, apresentador do programa do GNT, falou sobre os desafios do empreendedorismo e a chef Tati Mendes, ex-participante do programa Master Chef Brasil, deu uma aula-show sobre “comida para redes sociais: comendo com os olhos!”. Cerca de 70% das atividades são gratuitas e estão acontecendo no Centro de Eventos do Pantanal e nas faculdades de gastronomia da cidade.

 

Aberto à população, das 16h30 às 22h, o Empório de Orgânicos e o Espaço Fun Food Park estão comercializando produtos deliciosos e com preços atrativos, no Centro de Eventos. A empreendedora Juliane Velsques, de 23 anos, participa pela primeira vez do evento entre os expositores. “A Palha Cuiabana surgiu no início deste ano e nossa expectativa são as melhores”, conta Juliane que, além dos sabores tradicionais de cacau, paçoca, leite ninho e banana, irá apresentar um experimento de torta de palha elaborado com uma camada de bolo de cenoura.

 

Nesta quarta-feira (10), a convidada especial Helena Rizzo, eleita a melhor chef mulher do mundo em 2014 pelo prêmio Veuve Clicquot, da revista britânica Restaurant, apresenta a oficina prática “Da fama ao caos: fragmentos tropicais”, e a palestra magna da noite “No prato da menina que abocanhou o mundo: sonhos, interpretações e arte”.

 

O tema desta edição discute “O que estamos comendo? De volta às origens” e o ingrediente em destaque é a mandioca. Versátil, ela pode ser utilizada em pratos doces, salgados, fritos, quentes, frios, além de ser considerada um alimento democrático, utilizado em misturas simples, engrossada com água na culinária indígena, até cardápios mais segmentados e “fit”, como as tapiocas da moda. 

 

A programação inclui grandes nomes regionais. Às 13h30, a homenageada do ano, Leila Malouf, e sua filha, a chef Ariane Malouf, apresentam a oficina “Cozinha afetiva e memórias de infância”, na Univag. O chef Eduardo Toshio, do Sushi Box, ministra a oficina “Do sushi ao sashimi: a milenar arte da cozinha oriental”, na cozinha do Senac. Das 14h às 17h, no Pantanal Shopping, haverá oficina prática infantil gratuita de cup cakes e brigadeiros gourmet, com o chef Tarso de Quadros, da Fábula de Doces.

 

Para o idealizador e organizador professor João Carlos Caldeira, o evento se consolida no calendário mato-grossense e já está no radar de chefs renomados. “Nesta terceira edição, teremos oficinas com profissionais vindos de São Paulo, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Norte, Goiás, Pernambuco e Rio Grande do Sul. A expectativa é envolver cerca de 700 pessoas por dia, nos locais do evento, e promover um ambiente favorável para troca de conhecimento, geração de oportunidades de negócios e aproximação entre chefs nacionais e os destaques mato-grossenses”.

 

No Centro de Eventos do Pantanal serão realizadas palestras e aulas show com sabores diversos. “Do chifre ao rabo: num boi de 1ª, não existe carne de 2ª”, com Cris Rabaioli, da Celeiro Carnes, e o chef Hugo Rodas, do Restaurante Seu Majó; “Cozinha minimalista: menos é mais!”, com chef Fernando Mack; “O mundo é das proteínas“ e é pra lá que eu vou!”, com Jules Ignácio Bortoli e chef Kaka Melo, entre outras.

 

A partir das 21h, serão servidos jantares especiais nos restaurantes Flor Negra, com um menu degustação em cinco etapas, produzido pelos chefs Carol Manhozo e Wal Untar, e no restaurante Bendito, os chefs Willian Vieira (SC) e Marcelo Cotrim entregam o menu especial de inauguração “quando o mar encontra o cerrado”.

 

A experiência gastronômica é cada vez mais emocional e, para se tornar relevante na hora da escolha do cliente, os estabelecimentos precisam equilibrar a atração pelo olfato, paladar, visão, a hospitalidade, praticidade, o bom atendimento, o prazer oferecido. Diante de consumidores exigentes, a inovação e a gestão sustentável entraram para o cardápio como prato principal das empresas.

 

Segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Alimentação (ABIA), o setor de Food Service, que engloba todo o serviço de alimentação que é preparado fora do lar, vem apresentando um cenário positivo com um crescimento de 246.2% nos últimos 10 anos, e as vendas da indústria para esse mercado têm crescido, em média, 13,2% ao ano. E já representa um gasto significativo nos orçamentos familiares. A Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF 2008-2009), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostra que há 10 anos pelo menos 1/4 das refeições no Brasil já eram consumidas fora do lar. De acordo com dados do Departamento de Economia da ABIA, em 2004 o consumidor gastava com alimentação fora do lar o equivalente a 25,4% do seu orçamento total. Em 2010, esse custo subiu para 31,2% e em 2017 para 34,5%.

 

O potencial de consumo em Mato Grosso é estimado em R$63 milhões, conforme o Índice de Potencial de Consumo, levantado pelo IPC Marketing, sendo os gastos com alimentação fora de casa o 6º no ranking dos tipos de despesa.

 

Food Experience

 

Os empresários do segmento da gastronomia em Mato Grosso são estimulados, por meio do Projeto Food Experience do Sebrae/MT, a buscarem governança, qualificação e reforço de identidade, aprimorando o tempero do negócio com práticas de gestão comercial. E, com um olhar para a produção de ingredientes frescos e alimentos cada vez mais saudáveis, o projeto de Bioeconomia, também do Sebrae/MT, orienta agricultores com foco em produtos orgânicos fomentando a cadeia de fornecedores para os restaurantes da região e para a população.

 

Além do apoio ao Pantanal Cozinha Brasil, o Sebrae realiza consultorias empresariais, financeira, comercial e de mercado, cursos, encontros de negócios e missões técnicas - a última ocorreu de 14 a 17 de agosto e levou um grupo de 14 empresários para o Congresso da Abrasel 2018, o maior encontro de conhecimento e inteligência do setor da alimentação fora do lar do país.

 

Signatário do Pacto Global, desenvolvido pela Organização das Nações Unidas (ONU), o Sebrae MT realiza o Projeto Food Experience atento aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável de saúde e bem-estar, trabalho decente e crescimento econômico, cidades e comunidades sustentáveis e consumo e produção responsáveis.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei