Terça-Feira, 23 de Outubro de 2018, 15h:15

Tamanho do texto A - A+

Novidades na gestão de resíduos em Cuiabá e MT marcam lançamento da Semana Lixo Zero

Por: REDAÇÃO

Na noite de segunda-feira (22), o auditório do CSS foi palco do lançamento da Semana Lixo Zero, reunindo mais de 100 pessoas, sendo a maioria de voluntários que vão atuar na mobilização.  Esta é a primeira vez que Cuiabá participa deste evento nacional promovido pelo Instituto Lixo Zero (ILZ), que também acontece em Florianópolis, Curitiba, Belo Horizonte, São Paulo, Goiânia, Brasília, Belo Horizonte, Recife, Santos e Joinville.

 

Divulgação

LIXO ZERO

 

A Semana do Lixo Zero é uma oportunidade para colocar o tema em evidência. É preciso promover uma mudança de atitude da população e a melhoria dos serviços públicos. O lixo é um problema compartilhado com solução também compartilhada”, disse Jean Peliciari, diretor da empresa de consultoria em educação ambiental, Teoria Verde, e embaixador da Semana Lixo Zero em Cuiabá.

 

Informações importantes referentes à gestão pública de resíduos na capital mato-grossense e no estado foram reveladas pelos secretários municipal e estaduais no evento. Quinze aterros sanitários já foram licenciados em Mato Grosso, entre eles o de Rondonópolis, Tangará e Sorriso, segundo André Baby, secretário de Estado do Meio Ambiente de Mato Grosso.    

 

Acaba de ser licitada a nova empresa de limpeza urbana pela Prefeitura Municipal de Cuiabá. Em 2019, haverá lixeiras subterrâneas em áreas de grande fluxo na capital. A primeira será instalada na Praça Alencastro. Coleta seletiva será ampliada para além dos 25 bairros atuais e uma embarcação vai cuidar da limpeza das margens do Rio Cuiabá, informou José Roberto Stopa, secretário municipal de Serviços Urbanos.

 

O secretário municipal de Inovação e Comunicação, Júnior Leite, destacou que o prefeito Emanuel Pinheiro pretende certificar a sede da Prefeitura Municipal, localizada no Palácio Alencastro, para servir de exemplo para as empresas e sociedade.

 

Para Fabrício Magreiter, presidente do Sindicato das Indústrias de Reciclagem de Resíduos Industriais (Sindirecicle), a gestão de resíduos só vai se resolver, quando empresas e indústrias de reciclagem se instalarem em MT. “Nossos associados são pequenas empresas que estão compactando papel para mandar para São Paulo e outros estados. Têm que rodar 2 mil quilômetros, a logística é muito cara”, afirmou. É preciso haver incentivo por parte do governo para que o setor de reciclagem venha para Mato Grosso, acrescentou. 

 

Programação

 

A programação da Semana Lixo Zero em Cuiabá, de 22 a 28 de outubro, será intensa. Várias atividades serão realizadas em espaços públicos, como a Intervenção Achados e Perdidos na Praça da República, na terça-feira (23).

 

Palestras educativas serão ministradas em creche e escola municipais. Na sexta (26), será feita visita guiada ao lixão de Cuiabá. No domingo (28), a Semana Lixo Zero será encerrada com caminhada na trilha ecológica do Rio Casca e banho na Cachoeira Martinha, coordenados pela Bravo Ecoturismo, em Chapada dos Guimarães, das 10h às 18h.  Programação inteira e inscrições estão no link: https://goo.gl/MYFdrJ

 

Parceiros

 

Instituto Lixo Zero, Teoria Verde, Centro Sebrae de Sustentabilidade, Prefeitura de Cuiabá, Governo de Mato Grosso, Instituto Federal de Mato Grosso, Grupo Bom Futuro, Sicoob, Lebrinha, Ecodescarte, Aesa, Espaço Nassar, Luxo sem Lixo, Verde Vivo, Ampara, Projeto Paz e Bem, e Nação Verde.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei