Quinta-Feira, 25 de Outubro de 2018, 17h:18

Tamanho do texto A - A+

Estudantes de Cuiabá realizam Feira de Empreendedorismo

Por: REDAÇÃO

Tornar real uma ideia é empreender. Como fazer isso é a proposta central do projeto Educação Empreendedora, mantido pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Mato Grosso (Sebrae) em parceria com instituições de ensino públicas e privadas. Neste final de semana, aproximadamente 500 alunos dos colégios particulares Coração de Jesus e Isaac Newton (CIN) realizam a Feira dos Jovens Empreendedores (Jepp). O evento, que é a culminância do projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos (Jepp), acontece na sexta-feira (26), à noite, no colégio Coração de Jesus. No sábado (27) pela manhã será a vez dos alunos do CIN revelarem seu potencial empreendedor.

 

Divulgação

empreendedor

 

Até o final deste ano 94,674 mil crianças, adolescentes e jovens matriculados em escolas públicas e privadas de Mato Grosso terão participado de aulas sobre empreendedorismo, por meio do projeto Educação Empreendedora. Até agora, 6 mil educadores receberam formação sobre o tema, contabiliza a gestora estadual do Programa Educação Empreendedora do Sebrae, Viviane Kelly Pozzolo.

 

Ao longo do ano letivo, os estudantes são incentivados a sonhar e ter vontade de realizar seus sonhos durante as aulas de empreendedorismo, ministradas uma vez por semana, normalmente nos horários de aulas de Ensino Religioso e Filosofia, explica o diretor pedagógico do Colégio Coração de Jesus, Dinarte Negrão. “Trabalhamos o tema ancorados no material oferecido pelo Sebrae/MT”, explica. A feira do Jepp é a culminância desse aprendizado dos alunos.

 

No evento realizado com a comunidade escolar, os estudantes apresentam e comercializam produtos elaborados por eles. “O projeto traz um benefício social e familiar. Estimula o protagonismo e empreendedorismo nas crianças, adolescentes e jovens, para que consigam fazer a diferença na sociedade”, avalia Negrão.

 

Outras habilidades desenvolvidas naqueles que participam do projeto é a capacidade de comunicação oral e escrita, acrescenta o diretor pedagógico do Coração de Jesus. Durante as aulas de empreendedorismo, os estudantes produzem textos que compõem um jornal de divulgação da escola, distribuído na Feira do Jepp.

 

Este ano, 367 alunos do 6º ao 9º ano do Colégio Coração de Jesus participam da feira temática. Para isso, confeccionaram produtos ligados ao conceito de ecopapelaria e artesanato sustentável. Dentro dos temas empreendedorismo social, novas ideias e grandes negócios os alunos aprenderam na prática quais produtos ou serviços podem oferecer, quais preços praticar, como lidar com a concorrência e perceberam que empreender traz benefícios para toda a sociedade.

 

Conforme exemplifica o diretor pedagógico do Colégio Coração de Jesus, os alunos do 6º ano produziram artigos de ecopapelaria baseados em materiais recicláveis, como caixas de leite longa vida, rolos de papel higiênico e caixas de sapato. Já os alunos do 7º ano utilizaram garrafas PET e rolhas de cortiça para confeccionar produtos decorativos. As turmas do 8º ano trabalharam o tema imigração, que culminou na elaboração de um jornal a respeito do assunto e na organização de um bazar que terá toda a renda revertida para a Casa do Migrante, em Cuiabá. Com os estudantes do 9º ano o conceito de empreendedorismo foi aplicado à área de culinária e gastronomia.

 

No CIN aproximadamente cem alunos do 6º ao 8º ano participam da Feira do Jepp, que aborda os temas ecopapelaria, artesanato sustentável e empreendedorismo social. “Cada aluno trabalha uma temática para vender os produtos criados, com consultoria do Sebrae”, sintetiza a coordenadora estadual do Educação Empreendedora do Sebrae. Segundo ela, são trabalhados planos de negócios com alunos desde o 1º até ao 9º ano.

 

Balanço

 

Em 2018 participam do Jepp 149 escolas espalhadas por diversos municípios mato-grossenses. Somente este ano aproximadamente 3 mil professores foram envolvidos na formação para desenvolver o projeto nas unidades escolares. Desde 2015, quando o Educação Empreendedora iniciou em Mato Grosso, o número de alunos atendidos aumentou 361%, ao saltar de 11,498 mil atendimentos para 53 mil em 2018. Nesse período, 182 instituições de ensino abriram as portas para o Sebrae/MT em 59 municípios do Estado.

 

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei