Quarta-Feira, 20 de Setembro de 2017, 14h:25

Tamanho do texto A - A+

Coral da Terceira Idade da UFMT apresenta canções e serestas no Teatro Universitário

Por: REDAÇÃO

Nesta quinta-feira (21), o Teatro Universitário da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) será palco para a apresentação do Coral da Terceira Idade da UFMT. O espetáculo “Canções e Serestas”, com início às 20h, será embalado por músicas tradicionais e composições atuais. A regência será das maestrinas Alexsandra Matos e Iasmin Medeiros, com direção-geral da maestrina Dorit Kolling. Os ingressos para o evento são dois litros de leite, que devem ser trocados na bilheteria do Teatro com duas horas de antecedência.

 

Reprodução

TEATRO DA UFMT

 

O espetáculo conta com 12 canções que se tornaram grandes sucessos e que ainda hoje estão guardadas na memória de gerações. Alguns destaques do repertório são: “Carinhoso”, de Pixinguinha e João de Barro; “Trem das Onze”, de Adoniram Barbosa; “Luar do Sertão”, de Catulo da Paixão Cearense; “Tempos” Modernos, de Lulu Santos, e “Maria Maria”, de Milton Nascimento e Fernando Brant.

 

O coral, que possui quase 65 vozes, sendo uma com 92 anos, reúne-se semanalmente para 3 horas de ensaio. A maestrina Dorit Kolling explica que o projeto é focado no lado artístico, mas possui uma preocupação especial com a saúde de seus integrantes, dando ênfase em exercícios de aquecimento vocal e na hidratação. “O perfil dos participantes parece mudar desde que entraram. Vemos que se tornam pessoas atuantes, que convivem socialmente, que produzem e se divertem.” afirma a diretora.

 

As maestrinas contam como o relacionamento do coral foi construído ao longo dos anos, junto da maneira de trabalhar com um grupo da terceira idade. “Temos um carinho muito grande pelo grupo e isso é bom, porque eles respondem a esse carinho positivamente, aceitando nossas propostas de trabalho” explica Iasmim Medeiros. “É possível perceber uma melhoria significativa na qualidade da voz e na respiração dos idosos que fazem parte do grupo, sem contar o aumento da autoestima e da energia. Nós acabamos nos sentindo cansadas antes deles, às vezes”, completa Alexsandra Matos.

 

O concerto contará ainda com a participação da cantora e compositora Vera Capilé, como solista convidada, e acompanhamento dos músicos Rodrigo Cavalcante, (teclado), Ricardo Kalan Schwarz (percussão) e Augusto Cesar (sax e flauta), além da declamação de um poema escrito especialmente para o espetáculo por Lucinda Persona, que será declamado por Rosa Persona.

 

Unindo o útil ao agradável

Chames Mattar, de 68 anos, conta que veio de Belo Horizonte morar em Cuiabá e que sentia bastante dificuldade em formar um grupo de amigos na cidade, até o momento que entrou para o Coral da UFMT. “As coisas mudaram muito. É um grupo grande, muito alegre e festivo”, expõe. Ela também reafirma o impacto positivo da música em sua saúde. “Acho muito importante para o cérebro, para ativar a memória, porque temos que estudar bastante, as letras a música. Então juntamos o útil ao agradável aqui”, acrescenta.

 

Neste ano, o grupo teve a inserção de vozes masculinas, até então inexistentes no coral. Fernando Delamonica, de 67 anos, conta que cantar é uma herança de sua mãe, que, com uma bela voz, cantou toda a vida. A experiência de participar do Coral, segundo ele, surgiu a partir de um convite de uma ex-colega de trabalho. “A música é fantástica, dá uma sensação maravilhosa. Por isso aconselho todas as pessoas que tenham algum problema de depressão, ansiedade ou qualquer coisa, que cantem. Realmente, quem canta os males espanta”, afirma.

 

O Coral

O Coral da Terceira Idade da UFMT é um projeto de extensão do Departamento de Artes, em parceria com o Núcleo Coral da Universidade e o Programa Longevidade Saudável da Faculdade de Educação Física. O grupo conta, atualmente, com 62 vozes, em sua maioria, com pessoas acima de 60 anos de idade e oferece um trabalho artístico-cultural e social que proporciona benefícios fisiológicos e psicossociais ao idoso.

 

Desde a sua criação, o grupo já participou de diversos eventos, fóruns e seminários. Dentre eles, estão o concerto “Cantando uma História”, de 2015, o “Musicarte” e o “Longevidade Saudável”, no ano passado.

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto