Quinta-Feira, 16 de Novembro de 2017, 09h:53

Tamanho do texto A - A+

Colégio Fato realiza debate sobre Direitos Humanos

Por: REDAÇÃO

O colégio Fato firmando seu compromisso com sua comunidade e com temas de relevância social, traz para seus alunos de oitavo ano fundamental até o terceiro ano ensino médio, e também para toda sociedade cuiabana o III Fórum de Direitos Humanos. O evento tem como objetivo manter a política de valorização do individuo amplamente defendida pelo colégio e aprofundar seu compromisso com a sociedade da capital. 

 

O evento ocorrerá dia 17.11, no Hotel Fazendo Mato Grosso, salão Martim Pescador, das 08:30 até as 11:30 horas, e terá a temática central a prática de bullying e consistirá em trazer pessoas importantes da comunidade cuiabana para aprofundar o debate com os alunos. As palestrantes Jane Vignado (Pós-Doutora em Educação), Michelle Donegá (Professora de Direito Penal) e Danyelle Rodrigues (Psicológa Comportamental) promoverão através de suas perspectivas acadêmicas os direitos humanos dentro das escolas e falarão dos seus estudos sobre o tema. Cada uma terá 30 minutos para a suas abordagens e experiências, no segundo momento os participantes do fórum serão convidados a participarem com perguntas.

Reprodução

Fórum sobre direitos humanos

 

 

O Fórum terá prosseguimento na sua segunda etapa em um painel em que todas as palestrantes vão interagir com a platéia, com a condução do professor Fernando D’avilla(Professor de Lingua Portuguesa) os quais serão estimuladas de modo a sanar as duvidas sobre seus diversos questionamentos, momento único em que a sociedade poderá interagir sobre os temas abordados.

 

O objetivo do colégio com esse Fórum é levantar a bandeira “Contra o Bullying” e demonstrar para a sociedade que é uma prática ainda não vencida no país tampouco em cuiabá, e que ainda existem muitas crianças e adolescentes que extrapolam em brincadeiras, o compromisso da escola é em formar cidadãos cientes dos sues atos, é sabido por todos que a formação de muitas famílias foi por muito tempo voltada para explorar as diferenças e deficiências de forma negativa, mudar essa cultura é um grande desafio na sociedade, hoje em dia ainda existem candidatos presidenciáveis que tratam o tema de forma pejorativa e a própria sociedade não tem ainda pra si que o bullying é um agente negativo perigoso para a sociedade, o papel social e obrigação do colégio é de intervir em temas como esses e junto aos jovens criar novos paradigmas.

 

Cronograma:

Abertura Com Professor Fernanda D’Avilla

Apresentação dos projetos socioeducativos do colégio Fato - Professor Fernando Castilho,

Palestrante 1 - Danyelle Rodrigues - Tema: Aspectos sóciopsicológicos do Bullying, relações interpessoais e inclusão, 

Palestratnte 2 - Jane Vignago - Tema: Escola Atual, relação família, aluno e escola (Conceitos da Nova Escola),

Palestrante 3 - Michelle Donegá - Tema: Direitos Humanos, Direito Escolar e o ECA, Direito a Cidadania,

Painel de Debates, 

Encerramento, 

 

Ficha Técnica:

 

Produção: XX Assessoria & Representações

Realização: Fato Educacional,

 

Curriculum dos Palestrantes:

 

Jane Vignado:

 

*Formação  Inicial  Biologia pela Unicamp, Especialização  em Oceanografia  pela  USP, mestrado  em fisiologia da reprodução  pela Unicamp, 

*Doutorado em formação de professores  pela Unicamp e pós doutorado  em.educação  pela Unicamp. Professora concursada na categoria Associada III. 

*Atualmente  dá aulas no curso de Psicologia  e Química  (graduação )-  a no mestrado  em Educação.

 

Danyelle Rodrigues de Aguiar

 

*Psicóloga formada na universidade de Cuiabá - UNIC

*Especialista em psicóloga cognitiva-comportamental

 

Michelle Donegá

 

* Bacharel em Direito pela Universidade de Cuiabá, 2002.

*Pós graduada em Direito Processual pela Universidade Cândido Rondon, 2004.

*Advogada inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil Seccional de Mato Grosso desde novembro de 2002.

*Professora de Direito Penal, Processo Penal e Estágio Supervisionado – Universidade de Cuiabá 2004/2013.

Professora credenciada das Academias de Policial Civil (Acadepol) e Escola de Formação de Aperfeiçoamento de Praças (Esfap) da Polícia Militar (Esfap) do Estado de Mato Grosso 

*Membro da Comissão de Direito Penal e Processo Penal da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso.

*Palestrante

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto