Segunda-Feira, 28 de Agosto de 2017, 09h:03

Tamanho do texto A - A+

Cena Onze apresenta espetáculo "O poeta e o Garimpeiro" nesta quinta

Por: REDAÇÃO

Nos dias 31 de agosto e 01 de setembro, o Cine Teatro Cuiabá (CTC) será palco do encontro imaginário de Silva Freire e Sete Escamas. O espetáculo O Poeta e o Garimpeiro será encenado pelos atores da Cia de Teatro Cena Onze em parceria com a Orquestra de Viola de Poxoréu e o grupo de catira Os Diamantes, às 20h. 

 

Reprodução

poeta

 

A apresentação tem como objetivo resgatar a identidade mato-grossense, unindo a poesia de Freire, nascido no município de Mimoso, com a música e dança de Poxoréu, cidade originalmente formada por garimpeiros vindos do nordeste do país.



Na Poxoréu dos anos 40, o baiano Antônio Cândido da Silva, o Sete Escamas, ficou conhecido em todo Estado. Líder de confrontos armados contra capangas e guarnições, foi de garimpeiro a conciliador, capaz de usar sua fama de valentão para costurar a paz com as autoridades. De pacato comerciante a um homem de “corpo fechado”,  de rígido delegado a místico benzedeiro admirado pelo povo.

 


Na mesma época, Cuiabá assistia Benedito da Silva Freire iniciar sua trajetória de jornalista cultural, líder estudantil, presidente da UNE, advogado criminalista, exímio orador em tribunais de júri. Um dos fundadores da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Mato Grosso, perseguido político da ditadura militar,  membro da Academia Mato-Grossense de Letras, poeta da boemia, da irreverência e dos personagens da noite. 



O poeta Silva Freire e o garimpeiro Sete Escamas viveram intensamente seu tempo. Deixaram em comum,  por meio dos escritos do poeta ou pelos relatos dos que testemunharam as aventuras do garimpeiro, registros místicos e poéticos das noites, becos, cabarés, bares, esquinas, ruas e até mesmo da política da capital e do interior de Mato Grosso.  



Silva Freire e Sete Escamas nunca se conheceram. Esse pequeno deslize da vida é corrigido pelo espetáculo O Poeta e o Garimpeiro, que promove o encontro imaginário dos dois personagens eternizados na cultura mato-grossense.



Os ingressos para a apresentação podem ser adquiridos na bilheteria do Cine Teatro Cuiabá, que funciona de terça a domingo, das 14h às 18h. A entrada custa R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

Avalie esta matéria: Gostei +2 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto