Sexta-Feira, 06 de Julho de 2018, 15h:42

Tamanho do texto A - A+

Uma hora a gente aprende e evolui

Por: MIRELLA CARVALHO

Às vezes, na impossibilidade de me expressar, fico calada e me fecho. Na tentativa de não incomodar, engulo o que pretendia falar e sufoco os pensamentos.

 

Mirella Carvalho

 

Quantas crises de enxaqueca são palavras não ditas? Observações reprimidas, comentários que viraram apenas um sorriso amarelo, e-mails inteiros que se tornaram apenas um emaranhado de ponto de vista.

 

Adoeci porque acreditei que meu lugar era onde queriam que fosse. Aceitei que alguém me colocasse abaixo do que sou, que alguém ditasse aquilo que eu faria. Deixei nas mãos de outra pessoa o poder de guiar meu destino.

 

Quando abaixamos a guarda e deixamos a responsabilidade da nossa felicidade nas mãos de outros, nem sempre tudo sai como o planejado. E a alegria já não depende mais de nós mesmos.

 

Errada fui eu, quando deixei as rédeas da minha vida nas mãos de terceiros. Talvez fraca ou, quem sabe, ingênua. Mas tudo o que acontece em nossas vidas não é à toa. E algum aprendizado podemos sempre tirar.

 

Somos uma centelha divina, criados à semelhança de Deus. Estamos neste mundo para evoluir diante de provas diárias. E é neste fluxo de acertos e erros que vamos crescendo e progredindo.

 

Nem sempre vamos nos enxergar errando. Ocasionalmente, Deus mandará um anjo disfarçado para nos alertar. Esteja atento aos sinais. São nos detalhes que a espiritualidade fala conosco.

 

Mirella Carvalho é inclinada à dualidade: metade paulista, metade cuiabana; metade publicitária, metade administradora. É também sorridente por natureza, virginiana e colecionadora de todo quanto é tipo de coruja (exceto as de verdade).

Avalie esta matéria: Gostei +11 | Não gostei



2 Comentários

Michelle - 09/07/2018

É irmã... É tão lindo ver seu caminhar, sua evolução... É tão bom poder participar da sua vida! Te amo

Marta - 08/07/2018

Tem horas que os anjos escrevem o que a gente precisa ler. Muito obrigada.

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA