Terça-Feira, 30 de Janeiro de 2018, 23h:22

Tamanho do texto A - A+

Por mais sorrisos e acolhimento

Por: MICHELY FIGUEIREDO

Mauro Camargo

Michely

 

A vida por muitas vezes apresenta um certo peso, difícil de ser suportado. É nessas horas que a gente deve parar um cadinho, respirar e pensar nas leis cósmicas que regem o Universo. Se parecer penoso demais, lembre-se de que em algum momento esse mesmo pesar pode ter sido sentido por quem hoje lhe cause o tal desgaste. É um processo complicado, porque temos a mania de ficar sempre na posição de vítima. Falo com conhecimento de causa. Vira e mexe me vejo interpretando esse papel. E vício!

 

Prestar atenção na sua respiração ajuda muito. Estou aprendendo aos pouquinhos me controlar respirando conscientemente, voltando minha atenção para este ato primordial para o nosso subsistir. Respirar buscando equilíbrio, paciência, resignação e obediência. Parece que cada célula, antes envolta em raiva, vibrando em baixa frequência, é banhada por um elixir tranquilizador. Essa tarefa de respirar e se acalmar exige controle. Segurar a língua que é um chicote traiçoeiro e muitas vezes nos coloca em maus lençóis. E vale lembrar que depois de lançada a palavra, não tem mais volta.

 

Ultimamente também tento domar o instinto de sempre olhar o que é negativo, dedicando mais tempo a procurar aquilo que é positivo, a qualidade. Sorrir mais para a dificuldade, mas não aquele sorriso de desprezo ou desespero. O sorriso que diz: te aceito, acolho, está tudo certo. Seja bem-vinda! É inevitável ter problemas. Sofrer com eles é uma escolha. E não adianta fugir. Onde quer que esteja, eles te encontram, até que você dedique tempo para resolvê-los. Uma vez verdadeiramente resolvidos, desaparecem como passe de mágica.

 

Tudo é aprendizado. O mundo é uma grande escola e estamos aqui como eternos aprendizes, na busca por evolução moral. E como aprendizes, podemos errar. Mas o importante é que não deixemos de tentar.

 

Ao invés de enxergar somente as pedras da caminhada, voltemos os olhos para as flores, o céu limpo, os pássaros que voam e cantam, o vento fresco que sacode os cabelos e refresca nos dias de sol.


*Michely Figueiredo acredita que para tudo na vida existe um motivo, seja para situação a mais complicada que se possa imaginar

Avalie esta matéria: Gostei +4 | Não gostei