Terça-Feira, 27 de Junho de 2017, 11h:21

Tamanho do texto A - A+

A bailarina

Por: MIRELLA CARVALHO

Mirella Carvalho

 

Por que danças, menina?

Na ponta dos pés.

Num rodopio se põe a bailar.

Girando feito peão, mas é bailarina.

 

Fecha os olhos e sente a música.

Sobe os braços e as pernas descem num plié.

Assim ela vai, de meia ponta em meia ponta.

Mostrando ao mundo seus sentimentos através do balé.

 

Bailarina não tem defeito.

Bailarina gira sem cair.

Assim a menina sonha.

Um dia, quem sabe, nas pontas subir.

 

Se esforça a cada aula.

Plié, Relevé, Élever, Degagé.

Nunca soube francês, essa menina.

Ah, esse amor faz ela falar outras línguas.

 

Vai lá, menina.

Suba na meia ponta e dê o seu show.

Se entregue à música e sinta o que ela pode fazer por você.

Mostre ao mundo todo o seu amor.

 

Esse amor que não tem explicação.

Se pudesse explicar, não precisaria dançar.

Gira, menina. Mostra sua graça.

Que enquanto você rodopia,

O mundo inteiro aplaude.

 

Mirella Carvalho sempre sonhou em ser bailarina. Mas foi só depois dos trinta que tomou coragem e iniciativa para calçar as sapatilhas. E sabe o que isso quer dizer? Que não importa a sua idade. Se você tem um sonho, hoje é o dia certo para colocá-lo em prática. Vamos dançar?

Avalie esta matéria: Gostei +8 | Não gostei