Sábado, 06 de Janeiro de 2018, 11h:38

Tamanho do texto A - A+

Vídeo que circula em Cuiabá foi gravado na Paraíba e denúncia é infundada, diz concessionária

Por: JESSICA BACHEGA

A empresa Energisa esclarece que o vídeo que circula nas redes sociais, no qual um morador questiona a metodologia de medição da energia consumida, é da Paraíba e não de Mato Grosso, como muita gente anda compartilhando. No mais, a concessionária de energia ainda afirma que o procedimento está correto. 

 

Reprodução

energisa

 Foto ilustrativa

Na filmagem, a pessoa que grava mostra dois funcionários da Energisa, sentados em frente a um imóvel imprimindo as contas de energia dos moradores. O cinegrafista ainda afirma que os servidores estão “tirando base” (fazendo média da energia consumida) e que por isso a fatura do denunciante está alta.

 

A assessoria de imprensa da Energisa explica que o vídeo não foi gravado em Cuiabá, mas sim na Paraíba, e que a metodologia adotada pela empresa está adequada. Os funcionários não estão imprimindo o consumo médio dos moradores e sim o uso real da energia elétrica referente ao mês.

 

De acordo com a informação, quando a medição é feita em prédios, os leituristas realizam a aferição em todos os padrões e depois imprimem as faturas de uma vez. O procedimento é feito dessa maneira para se obter mais agilidade na emissão das faturas, conforme explicou a concessionária. 

 

Após impressas, as faturas são colocadas em envelopes para preservar a informação sobre o consumo de cada cliente e entregues na portaria para que o morador receba a conta.

 

A empresa está entre as campeãs de reclamações de consumidores, segundo dados do Procon. 

Confira nota

Sobre o vídeo que circula, via whatsapp, registrando o trabalho de impressão de contas de energia por colaboradores da Energisa Paraíba, a empresa esclarece que não há nenhuma irregularidade no caso. 

 

Na quarta-feira, 20 de dezembro, a dupla realizou a leitura de unidades consumidoras de um prédio em frente ao Manaíra Shopping, em João Pessoa, imprimiu todo o lote para, em seguida, entregá-lo na portaria do edifício. Como é rotina, o procedimento foi checado pela Área da Qualidade, que visitou os clientes, auditou as leituras coletadas, o horário da coleta e constatou que tudo ocorreu dentro dos procedimentos determinados na capacitação dos leituristas. 

 

A Energisa reafirma o seu compromisso em prestar um serviço de qualidade, regulados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), e de forma transparente. Todos seus processos são robustos e seguros, o que levou a empresa a conquistar o titulo de Melhor Distribuidora de Energia Elétrica do Brasil em 2017 com a Energisa Paraíba, pela Associação Brasileira das Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee).

  

 Veja vídeo

">

Leia mais sobre este assunto




2 Comentários

Amilton - 07/01/2018

Esse do comentário acima tem estilo de fazedor de gato na energia. Estou super contente com a ENERGISA.

Jose Carlos da Silva - 06/01/2018

sobre o vídeo em evidencia, pode até ter sido em Paranaíba, ou em outro local qualquer, mas tem mais videos denunciando esta pratica desta empresa ENERGIZA, hoje assisti um vídeo que estão veiculando em alta velocidade... Os camaradas estão fazendo a mesma pratica aqui em MT e, com certeza em todos os estados do Brasil... A de se concordar que o preço da Energia é um absurdo e ainda mais somado ao ICMS sanguinário do governo do estado que não da a minima para o sofrimento das empresas e moradores.,, O Vídeo é no TERMINAL ATACADISTA DE CUIABÁ MT... O vídeo foi feito e comentado pela PRESIDENTE DO TERMINAL ATACADISTA DE CUIABÁ MT. Ela faz um apelo no vídeo ao Governados de MT e ao Ministério Público. Entendi como um pedido de socorro válido a todo cidadão Mato grossense... Penso que este TEMA merece uma atenção especial gente. Nunca na história a energia foi tão cara e absurda. Da pra pensar que é por isso que esta empresa consegue colocar milhares de viaturas novas nas ruas, a maioria esmagadoras delas para fiscalizar e efetuar cortes, ainda conseguem contratar outras centenas de empresas terceirizadas para a lida e, as equipes de corte geralmente são arrogantes, prepotentes, truculentos e sem a minima educação, parecem que estão acima do BEM e do MAL. Confio no Ministério Publico Estadual e esta noticia, este vídeo precisa chegar até eles.

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA