Sábado, 17 de Março de 2018, 10h:25

Tamanho do texto A - A+

Servidores da Politec param no dia 26 e cobram nomeação de aprovados em concurso

Por: JESSICA BACHEGA

Servidores da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) irão parar no dia 26 de março. A decisão pela paralisação foi tomada na manhã desta sexta-feira (16), durante assembleia da categoria. Eles reivindicam a convocação de aprovados em concursos e melhores condições de trabalho para os servidores que já ocupam suas funções.

 

Divulgação

greve politec

 Assembleia dos servidores

No dia 26, os papiloscopistas irão se concentrar em protesto na Casa Civil a fim de pressionar o Estado para a contratação de novos servidores. Dependendo dos resultados da paralisação, os trabalhadores irão deliberar sobre greve por tempo indeterminado.

 

Os profissionais que irão parar são responsáveis pelo setor de identificação para emissão da carteira de identidade, exames de corpo de delito, identificação de presos e de cadáveres no Instituto Médico legal (IML). 

 

Atualmente são mais de 40 mil processos para retirada de documento parados por conta das dificuldades no trabalho. Em Cuiabá, o prazo de entrega da identidade está demorando cerca de 40 dias e no interior esse tempo ultrapassa os 120 dias. 

 

Além disso, são comuns também as filas de corpos a serem identificados no IML, porque não tem pessoal ou faltam materiais para a execução do trabalho. De acordo com o presidente do sindicato dos papiloscopistas, Idejair Conceição, atualmente os corpos do IML demoram cerca de três dias para a liberação. Porém, com a paralisação esse prazo deve dobrar. 

 

Em conversa com o secretário de Gestão, Julio Modesto, a categoria recebeu resposta para a nomeação de sete novos papiloscopistas na próxima semana, número abaixo da demanda necessária. “Muita gente se aposentou ou morreu. Há vacância e necessidade de pessoal com urgência, mas eles não chamam”, frisa o sindicalista.

 

A Seges foi procurada, mas até a publicação da matéria não havia encaminhado resposta. 

Avalie esta matéria: Gostei +3 | Não gostei

Leia mais sobre este assunto