Sexta-Feira, 01 de Setembro de 2017, 10h:48

Tamanho do texto A - A+

Sefaz leiloa mais de 500 lotes de roupas, calçados e produtos eletrônicos apreendidos

Por: REDAÇÃO

A Secretaria de Fazenda (Sefaz) iniciou, na quarta-feira (30), o segundo leilão online deste ano. Os produtos, com descrições e o valor inicial da arrematação podem ser verificados no Portal Superbid ou no site da Sefaz, enquanto que os lances devem ser feitos somente no primeiro endereço. Os interessados podem dar lances até o dia14 de setembro.

 

Divulgação/GCom

Leilão Sefaz

 

De acordo com a Gerência de Mercadorias Apreendidas (GMA), a expectativa é de arrecadar um valor superior a R$ 80 mil com a venda dos lotes, que são montados a partir dos Termos de Apreensão e Depósito (TADs). O dinheiro arrecadado com o leilão será utilizado para o abatimento dos débitos do contribuinte junto ao fisco.

 

Com lances mínimos de R$ 105 a R$ 11 mil, o leilão oferece 597 lotes que contemplam confecções para adultos e crianças, cosméticos, calçados, bijuterias, perfumes e brinquedos.  Itens automotivos, acessórios para celular e equipamentos de informática, telefonia e eletrônicos também estão disponíveis para lances.

 

Os valores dos lances mínimos são determinados pela Sefaz, com base no mercado atacadista, com uma depreciação de aproximadamente 30%, e na nota fiscal, nos casos em que há documentação das mercadorias.

 

Para participar do leilão os interessados devem se atentar as condições dispostas no edital nº002/2017, publicado nesta quarta-feira (30) no Diário Oficial. Qualquer pessoa maior de 18 anos e em situação regular junto a Receita Federal, tanto física quanto jurídica, pode oferecer lances, desde que não seja servidor público lotado na Secretaria de Fazenda do Estado.

 

Os produtos poderão ser conferidos no período de 30 de agosto a 14 de setembro, de segunda a sexta-feira, das 13h às 17h, no Depósito Central da Sefaz, localizado na Rua Pedro Paulo de Faria Júnior, S/Nº, paralela à BR 364, esquina com a Rua X, no Distrito Industrial em Cuiabá.

Avalie esta matéria: Gostei +12 | Não gostei - 5

Leia mais sobre este assunto