Segunda-Feira 27 de Março de 2017
pesquisas

Quinta-Feira, 05 de Janeiro de 2017, 11h:21

Tamanho do texto A - A+

Reitora da UFMT deixa UTI, respira sem ajuda de aparelhos e está consciente

Por: JESSICA BACHEGA

A reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Myrian Serra, deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Santa Rosa, em Cuiabá. Ela estava internada desde o dia 10 de dezembro quando sofreu um acidente vascular cerebral (AVC), durante um evento comemorativo da instituição.

 

Assessoria

myrian serra

 

Segundo a nota divulgada pela assessoria de imprensa da UFMT, a reitora teve alta há dois dias e está consciente, respirando sem ajuda de aparelhos.  

 

Ainda não há informação sobre a data que ela deixará o hospital. No entanto, a paciente conta com uma programação de tratamento em suporte domiciliar, mantendo acompanhamento de fonoaudiologia, fisioterapia e médico.

 

A nota informa ainda que a reitora apresentou importante melhora parcial no quadro neurológico, mas  ainda alterna momentos de confusão mental. 

 

A professora Myrian Serra passou mal no dia 10, no Teatro Universitário. Após os primeiros socorros recebidos de médicos presentes no local e das equipes do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), foi levada para o Hospital Santa Rosa.

 

A reitora está sob os cuidados da equipe da Unidade de Terapia Intensiva, coordenada pelo doutor Márcio Paes.

 

Confira nota na íntegra

Nota sobre o estado de saúde da reitora Myrian Serra

 

Reitora está acordada, consciente e com importante melhora do quadro clínico

 

A Reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Myrian Serra, que sofreu um acidente vascular cerebral no dia 10 de dezembro de 2016, apresenta recuperação parcial do quadro neurológico, respirando espontaneamente.  A paciente recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) há 48 horas, com programação de tratamento em suporte domiciliar, mantendo acompanhamento de fonoaudiologia, fisioterapia e médico. A paciente está acordada, consciente,  com importante melhora do quadro clínico, mas ainda alternando períodos de confusão mental. 

 

A reitora está sob os cuidados da equipe de Clinica médica e neurocirurgia.

 

Leia também:

Reitora continua em estado grave; melhora é discreta

 

Reitora da UFMT sofre aneurisma cerebral e está internada na UTI 

 

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei








Leia mais sobre este assunto

Nó de Cachorro

Nó de Cachorro

Prefeito ora por VLT

Silval delator

Contas bloqueadas

Problema do MPF

Mais Notas

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Comentadas