Quinta-Feira 30 de Março de 2017
pesquisas

Segunda-Feira, 09 de Janeiro de 2017, 08h:37

Tamanho do texto A - A+

Presos de Campo Grande enforcam até a morte morador do Pedra 90 detido por tráfico

Por: MAX AGUIAR

A Polícia Penitenciária de Campo Grande (MS) divulgou no fim de semana o nome do detento de 26 anos enforcado até a morte na Penitenciária Central de Segurança Máxima na quinta-feira (5). Trata-se de Makanaaky Nobre dos Santos Nascimento. O detento é natural de Cuiabá e residia no bairro Pedra 90. 

 

Mídia Max

presídio de segurança máxima de campo grande

 

Manaaky respondia diversos processos na Justiça de Mato Grosso, entre eles, por receptação e homicídio. Porém, no dia 16 de dezembro de 2016, ele foi flagrado com armas clandestinas e uma grande quantidade de entorpecente, provavelmente, adquirida no Paraguai. 

 

Desde dezembro preso, Makanaaky vinha recebendo ameaças dentro da cadeia. Existia a possibilidade dele ter entregue os distribuidores da arma e do entorpecente.

 

Por ser natural de Cuiabá, ainda existe também a possibilidade dos presos de Campo Grande desconfiarem dele fazer parte do Comando Vermelho, tendo em vista que em Mato Grosso do Sul a maior facção instalada nos presídios é do Primeiro Comando da Capital (PCC), maior rival do Comando.

 

No vídeo, divulgado em redes sociais, aparece Makanaaky pendurado em uma corda e outros presos zombando. "Agora cadê o engraçadinho?", ironiza um preso. A corda estava pendurada em uma coluna de concreto.

 

Ainda no vídeo aparece pessoa que está presenciando a morte do detento comentando que ele faz parte da organização criminosa Comando Vermelho. A Polícia Civil investiga se a morte pode ter sido motivada por alguma rixa entre facções.

 

Vale ressaltar que o serviço de inteligência do Ministério da Justiça conseguiu descobrir que as ordens para matança nos presídios do Norte do país partiram desse mesmo presídio onde Makanaaky morreu. O líder do PCC, que inclusive já foi transferido, aparece em ligações telefônicas exigindo a cabeça de presos que não fossem do PCC. 

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei








Leia mais sobre este assunto

Nó de Cachorro

Nó de Cachorro

Greve no Metropolitano

Brito na Casa Civil

TCE e os boatos

6 Hiper Anos

Mais Notas

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Comentadas