Sexta-Feira, 17 de Novembro de 2017, 08h:40

Tamanho do texto A - A+

Piscina de residencial acumula água, exala mau cheiro e incomoda moradores

Por: CAMILLA ZENI

Um morador do Residencial Center Casablanca, localizado no bairro Araés, em Cuiabá, denunciou ao HiperNotícias o descaso com as dependências do local. Por lá, além de problemas na áreas de convivência, a piscina também chama a atenção: água parada e odor do acúmulo de sujeira. A situação preocupa.

Internauta

piscina condominio

 Moradores denunciam sujeira em condomínio

A denúncia chegou ao HN por meio de um internauta, que preferiu não ser identificado e se disse cansado da situação.

O caso aconteceu na manhã do feriado de Dia da Proclamação da República (15), quando o morador tentou usar uma das áreas públicas do prédio. No entanto, devido ao forte odor vindo da piscina do condomínio, não foi possível ficar por lá.

Segundo relatou, a situação já se arrasta há mais de dois meses e tem incomodado a todos do prédio, principalmente. “Tem gente que reclama diariamente, mas ele não resolve”, informou. Aos moradores, o síndico rebate que não há recursos financeiros para cuidar da piscina.

“Ele fala que está devendo uma fortuna de água e que a antiga síndica roubou o prédio”, comentou o morador.

Pelas imagens compartilhadas, é possível notar que a piscina está esvaziada, com pouca água acumulada na parte mais funda. Além de folhas, nota-se insetos boiando na água, além de muito lodo acumulado.


O departamento de Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que as equipes do Programa de Combate a Endemias realizam visitas periódicas a prédios e residências, que acontecem a cada dois meses. De acordo com a assessoria, a visita no bairro Araés foi realizada pela última vez em outubro.

 

A Secretaria também ressaltou que os moradores que quiserem denunciar locais irregulares podem ligar para o telefone 3617-1680. Ao receber a denúncia, a Vigilância Sanitária procura o responsável pelo imóvel para fazer a fiscalização e orientação sobre a necessidade da correta manutenção de piscinas e limpeza de locais onde haja água parada, para combater para mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão tanto da dengue, zika e chikungunya.

 

Outro lado

Por meio da advogada, o síndico do condomínio entrou em contato com a reportagem para expressar seu direito de resposta. Confira abaixo a nota encaminhada:

 

         Primeiramente, em que pese a afirmativa que “a reportagem não conseguiu contato com o síndico do prédio”, isso não reproduz a  verdade, pois o mesmo não foi procurado por qualquer repórter desse site ou por V. S., responsável pela matéria.

          Ademais, preferindo o denunciante exercer seu direito ao anonimato, ao se reportar ao atual síndico, declara que o mesmo dissera “... que está devendo uma fortuna de água e que a antiga síndica roubou o prédio” (negritei),  cometendo aí  crime de injúria e difamação, pois  isso é muito grave e certamente ele não tem como provar tamanha irresponsabilidade, aliás, para quem sequer teve a hombridade de assumir o sagrado direito de se indignar publicamente, uma vez residir no prédio...

          Por fim, conforme mostra a imagem e dito textualmente, a piscina realmente foi esvaziada no mês passado e deverá passar por uma reforma, em face de vazamentos, tendo a Vigilância Sanitária do Município de Cuiabá confirmado sua presença no prédio, sem haver qualquer autuação em desfavor do Condomínio, até então.

 

CONDOMÍNIO RESIDENCIAL CENTER CASABLANCA

 

Atualizada às 18:10

Credito: Internauta
Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto