Quarta-Feira, 05 de Dezembro de 2018, 17h:58

Tamanho do texto A - A+

Organizadores cumprem exigências e show de Marília Mendonça é autorizado pelo Corpo de Bombeiros

Por: LUIS VINICIUS

Os organizadores do show “Te vejo em todos os cantos” da cantora Marilia Mendonça cumpriram as exigências dos órgãos de controle e liberaram o show, que será realizado no Parque das Águas, na noite desta quarta-feira (5) em Cuiabá. 

 

Reprodução

marilia mendonça

 

Os militares informaram que a Diretoria de Segurança Contra Incêndio e Pânico (DSCIP), do Corpo de Bombeiros, havia vistoriado o local onde a montagem do palco já estava avançada fase de conclusão e encontrado irregularidades. Devido à falta de solicitação e liberação de documentação para a realização da apresentaçõa, o show foi suspenso até que as medidas necessárias fossem tomadas pela produção. 

 

Após três horas de interdição, a organização sanou os apontamentos e obteve a documetação para que a cantora se apresentasse e o público tivesse a segurança garantida.

 

Além da cantora conhecida, que é conhecida como a "Rainha da Sofrência", participam do show, a dupla sertaneja Maiara e Maraísa. 

 

Na Capital, o show será a partir das 20h e o público pode esperar novos e antigos sucessos da cantora a “rainha da sofrência”.

 

O projeto terá clipes gravados em 27 cidades visitados.

 

Veja a nota do Corpo de Biombeiros sobre a interdição

 

Com a notícia de que um show surpresa seria realizado no Parque da Águas, em Cuiabá, o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso, por meio da Diretoria de Segurança Contra Incêndio e Pânico (DSCIP), realizou uma vistoria no local, onde a montagem do palco para apresentação da cantora Marília Mendonça já estava avançada. Diante da inexistência da solicitação de realização de evento com aglomeração de público, a DSCIP interditou a montagem do palco.

 

A DSCIP destaca que a importante atração tem grande apelo popular e potencial de atrair um grande público. A estrutura apresentada não previa formas de controle de acesso ou limitação de público, criando o risco de acidentes que envolve aglomerações. A medida do CBM visa evitar transtornos maiores de forma preventiva.

 

O Major Cavalcante, diretor adjunto da DSCIP, informou que o CBM deu um prazo para os realizadores apresentarem o projeto do evento e adequarem as condições da estrutura para que fosse possível a realização do show. A Diretoria de Segurança Contra Incêndio e Pânico (DSCIP) orientou a equipe da cantora sobre as especificações e aguarda para nova vistoria.

 

Atualizada às 18h28.