Domingo, 24 de Setembro de 2017, 10h:00

Tamanho do texto A - A+

"Me sinto livre como Camila, sou eu mesma quando estou montada”, diz candidata

Por: JESSICA BACHEGA

Mais do que apresentar beleza e simpatia, a candidata de Cuiabá no "Miss Mato Grosso Gay versão Juiz de Fora", Camila Broenza, leva para o concurso o desejo de uma sociedade mais respeitosa com os homossexuais. 

 

Reprodução

missa gay camila broenza emerson wender

 Camila Broenza

Para conhecer a trajetória e os objetivos dentro do concurso, o HiperNotícias conversou com a candidata, e com Emerson Wender, que dá espaço para a personagem brilhar.  

 

Ele conta que se inspirou em travestis conhecidas antes de experimentar peças femininas e construir Camila. Essa, por sua vez, nasceu após o cabeleireiro, de 22 anos, vencer o desafio do salto alto, que hoje é algo natural na sua vida.

 

A transformação completa veio com as unhas postiças, os longos cabelos, os vestidos de gala e a maquiagem extremamente elaborada. Emerson já não estranha mais nada. Travestido de Camila, o cabeleireiro se sente livre e realizado. 

 

“Quando me vi com roupa feminina pela primeira vez me identifiquei. Me vi e me reconheci no espelho daquela forma. Me sinto livre como Camila, sou eu mesma quando estou montado”, diz.

 

Emerson diz que sua mudança é recente. Ele passou a se montar há apenas cinco meses e já foi convidado para representar Cuiabá no concurso, que seleciona para a etapa nacional do Miss Gay.

 

“Para mim é uma honra muito grande poder representar essa cidade que eu amo e também poder representar a luta pela igualdade e respeito entre as pessoas. Eu busco sempre ser simpático e humilde com as pessoas. Esses são pontos que contam muito no concurso, além, claro da beleza”, diz.

 

Durante o trabalho, em um salão de beleza de Cuiabá, ele se veste com peças masculina e é tímido. Porém, revela sua essência comunicativa e desinibida quando está com a exuberância de Camila Broenza. Emerson diz que tem cuidado especial com a pele para que a maquiagem de Camila esteja sempre bonita.

 

CARREIRA ARTÍSTICA 

Já conhecida entre as transformistas, Camila Broenza tem pretensão de conciliar sua carreira como cabeleireiro com apresentações artísticas em eventos e festas. “Eu tenho muito o que aprender ainda, mas tenho vontade, sim, de fazer disso um trabalho e me apresentar como Camila”, conta. 

 

A DESCOBERTA 

O cabeleireiro descobriu sua sexualidade ainda cedo e teve o apoio da família para seguir sua vida sem se esconder.

 

“Me sinto muito abençoado, pois conheço muitas pessoas que não tiveram a compreensão da família para pode se assumir como é de verdade. Foi uma surpresa positiva para todos”, conta.

 

Ele lembra que, desde pequeno, não gostava de brincadeiras de meninos. Na adolescência, tentou namorar garotas, mas elas não despertavam seu interesse. Seu comportamento foi motivo de rejeição quando era mais jovem e as piadinhas já renderam muitos momentos de tristeza, o que hoje não ocorre mais.

 

“Ainda existe preconceito sim, mas quando ouço alguma coisa eu nem ligo.  O que me importa é ser feliz”, conta. 

 

Os momentos de melancolia preocupavam os pais de Emerson, que escondia o que o incomodava até o dia que  a mãe foi incisiva ao perguntar sobre a orientação sexual do filho. “Eu falei para ela a verdade e tanto minha mãe quanto meu padrasto me apoiaram muito”.

 

“É preciso quebrar o preconceito e conscientizar as pessoas sobre o respeito aos homossexuais”, completa.

 

O CONCURSO

O concurso de Miss Gay será no próximo dia 28 de outubro, no Hotel Fazenda Mato Grosso. No dia, as candidatas irão desfilar com roupas de banho, traje casual, vestido de gala e avaliadas por sua beleza, desenvoltura e simpatia. A vencedora receberá R$ 4 mil e vaga no Miss Brasil Gay. Participam do concurso 17 candidatas de todo o estado.

 

“Estou muito orgulhoso em representar Cuiabá e estou batalhando para fazer o meu melhor. A mensagem que eu levo é que as pessoas tem que amar uns aos outros e buscar ser feliz do jeito que é”, frisa.

 

">

 

Credito: Reprodução
Credito: Reprodução
Credito: Reprodução
Credito: Reprodução
Credito: Reprodução
Credito: Reprodução
Credito: Reprodução
Avalie esta matéria: Gostei +5 | Não gostei - 2

Leia mais sobre este assunto