Segunda-Feira, 09 de Julho de 2018, 17h:39

Tamanho do texto A - A+

Bebê indígena enterrada viva tem alta da UTI e pode ir para casa

Por: JULIANA ALVES - ESPECIAL PARA O HIPERNOTÍCIAS

A Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá divulgou nesta segunda-feira (09) um boletim médico informando que a bebê indígena que foi enterrada viva já teve alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e está em condições de retornar para casa.

 

Internada na unidade desde o dia 6 de junho, a criança teve progressos lentos e gradativos até então. Ela passou por cirurgias, diálise e respirava com ajuda de aparelhos para sobreviver. Devido ao longo tempo que passou debaixo da terra, a saúde estava muito debilitada por conta da poeira inspirada.

 

Na semana passada ela passou a respirar sem ajuda de aparelhos e estava com acompanhamento de fonoaudióloga para aprender a sugar e se alimentar sem a sonda.

Reprodução

bebe indio enterrado

 

 

A Santa Casa além de informar que a recém nascida teve alta, comunicou que estão aguardando o posicionamento da Promotoria de Justiça para determinar os próximos encaminhamentos. Uma tia da avó da bebê ficaria com a guarda da criança.

 

O caso

A bebê foi resgatada por policiais militares e civis, na noite de 05 de junho, quando vizinhos chamaram as autoridades denunciando que uma criança estaria enterrada no quintal da residência de uma família indígena.

 

Os policias passaram a cavar e ouviram o choro da menina, que foi retirada do solo e levada para atendimento médico no hospital da cidade. 

 

Em investigação foi constatado que a menina foi enterrada pela bisavó, pois a mãe era adolescente e o pai estaria com outra mulher. A prática é tradição entre a tribo, quando uma criança é filha de mãe solteira. Ela já tem uma mãe adotiva e o Conselho Tutelar, assim como Ministério Público Estadual (MPE) acompanham o caso.

 

A avó e a bisavó da bebê estão sob moninoramento eletrônico e respondem pelo crime de tentativa de homicídio.

 

Confira a nota

Boletim Médico

UTI Neo-Natal

 

A recém nascida indígena está de alta da UTI, já em condições de retornar para casa, mas aguardando posicionamento da Promotoria de Justiça para encaminhamentos.

 

Da Assessoria

Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá

 

Leia também

Bebê indígena enterrada pela bisavó já tem mãe adotiva

Bebê indígena é transferida em estado grave para Cuiabá

MPF e MPE acompanham investigação sobre bebê enterrada viva

Avó de bebê indígena é presa acusada de premeditar enterro da neta ainda viva

Indígena é suspeita de tentar enforcar recém-nascida por ser filha de homem branco

Juiz determina que índias acusadas de enterrar bebê viva usem tornozeleiras eletrônicas

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei