pesquisas

Quarta-Feira, 21 de Dezembro de 2016, 08h:38

Tamanho do texto A - A+

Adolescente de 17 anos é executado enquanto jogava vídeo game com irmão

Por: MAX AGUIAR

Um adolescente de 17 anos, que estava jogando vídeo game com o irmão, foi assassinado na noite de terça-feira (20), no bairro Jardim Liberdade, em Rondonópolis (distante 220km de Cuiabá). O crime ocorreu por volta das 21h e o atirador ainda não foi identificado. 

 

Rádio Pioneira

HOMICIDIO - IML- TANGARÁ

Caso aconteceu quando a vítima jogava com o irmão em um dos quartos da casa

As informações do Boletim de Ocorrências registrado pela Polícia Militar dizem que K.K.F.T. estava no quarto de sua casa jogando com o irmão. Seus pais também estavam em casa quando outro adolescente desceu de uma bicicleta e, empunhando uma arma, entrou na casa e atirou pelo menos cinco vezes.

 

"O autor do crime não deu chance de defesa. Atirou por trás e fugiu. Ele descarregou um revólver na cabeça da vítima e em seguida fugiu. Acreditamos ser um crime de vingança", comentou o oficial de área que atendeu a ocorrência de homicídio. 

 

Após matar seu desafeto, o criminoso fugiu transquilamente em sua bicicleta. Alguns vizinhos contaram que na esquina da casa onde houve o crime ele recebeu apoio de um veículo Uno. "A bicicleta foi abandonada e em seguida eme entrou no Uno e fugiu", completou o oficial. 

 

Rondas foram feitas na região, mas ninguém foi encontrado. Os pais do adolescente contaram que o filho estava jogando com o irmão quando foi baleado. "Não sabemos o que levou alguém a cometer tamanha atrocidade, Meu filho foi morto na minha frente, na frente do irmão e nada conseguimos fazer para salvá-lo", disse o pai da vítima, identificado como Antônio. 

 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas ao chegar na residência apenas confirmou o óbito. Ao checar o nome de K.K.F.T. foi confirmado que ele possui algumas passagens criminais por atos infracionais. O caso passa a ser investigado pela Delegacia Regional de Rondonópolis. 

 

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei








Leia mais sobre este assunto

Nó de Cachorro

Nó de Cachorro

Silval delator

Contas bloqueadas

Problema do MPF

Desculpas de Emanuel

Mais Notas

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Comentadas