Quinta-Feira, 30 de Março de 2017, 14h:05

Tamanho do texto A - A+

Victório Galli: “eles têm direito de dar o que quiserem e eu não tenho o direito de dar minha opinião?”

Por: GLAUCIA COLOGNESI

O deputado federal por Mato Grosso, Vitório Galli (PSC), considerou um exagero a Defensoria Pública de Chapada dos Guimarães processá-lo e, pleitear meio milhão de reais por danos morais, devido às suas declarações polêmicas sobre a sexualidade do mais famoso personagem da Disney, Mickey Mouse, e contra o homossexualismo.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

victorio galli

Deputado Victório Galli diz que tem direito de dar sua opinião

“É exagero! Eu tenho direito! Eu tenho direito de dar minha opinião! Eles tem direito de dar o que eles quiserem dar e eu não tenho direito de dar minha opinião?" Questionou Galli se referindo aos homossexuais.

 

A polêmica começou quando o deputado Galli declarou em entrevista ao site Hipernotícias, depois à Rádio Capital, que o “Mickey é gay e que a Disney é uma fábrica de homossexuais”. Segundo o parlamentar, a sua intenção de fazer este tipo de declaração é de alertar às famílias a não levar os filhos à Disney nas férias e para não deixar que os pequenos assistam desenhos e filmes que poderiam influenciá-los à prática do homossexualismo.

 

Posteriormente, o senador de MT, Cidinho Santos (PR), postou em sua rede social um vídeo ao lado do deputado Galli falando sobre a polêmica. A partir daí, a Defensoria Pública de Chapada entrou com processo contra o deputado. Para o defensor que propôs a ação, Willian Zuqueti, Bolsonaro estaria naquele vídeo fazendo discurso de ódio e apologia à crimes de homofobia.

 

Ao falar sobre o processo, após desembarque no Aeroporto Marechal Rondon, na manhã desta quinta-feira (30), o deputado Galli disse ainda que vai orar pelos homossexuais e por aqueles que o processam e ainda que, por ser parlamentar evangélico, tem direito à liberdade de expressão.

 

Ele não se mostra nem um pouco preocupado com o processo, com manifestações do movimento LGBT's ou qualquer outra repercussão negativa das suas declarações. “Não tem problema, vou buscar minha defesa sem problema nenhum! Mas estou orando por eles e não tenho mágoa de ninguém!”, afirmou.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto




4 Comentários

Marco - 28/04/2017

Este cara vive as custas do povo...é pago para trabalhar, só fica falando merda... agora votou contra todos os trabalhadores...crentes ou não.

jose - 15/04/2017

discutir ideias e pensamentos é uma coisa, agora discutir sobre pecado, e bater de frente com Deus é simplesmente loucura

maria - 30/03/2017

tem o direito de ficar calado e fazer o q e realmente pago p fazer. cada um que cuide do seu derrier.

salete soares - 30/03/2017

Se deram deram o que era deles, me diga senhor Deputado é necessário sua opinião?? De O que é seu e tá td bem

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA