Quarta-Feira, 19 de Julho de 2017, 09h:23

Tamanho do texto A - A+

VLT é chave para a reeleição de Taques

Blog do Mauro 2

 

A julgar pela manifestação popular, se o governador Pedro Taques (PSDB) conseguir destravar as obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) o tucano passa de forte candidato a um concorrente quase imbatível. O clamor popular pela implantação do metrô de superfície é grande.

 

Revisão

Talvez com esta leitura, o governo já sinalizou atender alguns dos pontos levantados pelos Ministérios Públicos Federal (MPF) e Estadual (MP), órgãos hoje contrários ao acordo. A sinalização foi dada pelo secretário de Cidades, Wilson Santos.

 

Composição

A expectativa é que cedendo em alguns aspectos, Estado e Consórcio VLT fiquem mais próximos de conseguir o aval dos MPs para a homologação do acordo. A possibilidade passa pela realização de uma audiência de conciliação, que pode ser determinada pelo juiz federal Ciro Arapiraca, responsável pelo processo.

 

Apoio

A pressão pela realização de um acordo ganhou dois reforços, os prefeitos de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB), e Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos (DEM). Os dois gestores, diretamente interessados no andamento da obra, devem começar a se mexer em breve.

 

De licença

Depois de perder o comando do Partido Socialista Brasileiro em Mato Grosso, o deputado Valtenir Pereira sofreu um novo revés. Ele tentou, e não conseguiu, reverter no Supremo Tribunal Federal (STF) sua licença de 112 dias do cargo. O fato, aliás, pegou mal para o parlamentar.

 

Denúncia

O procurador-geral de Justiça, Mauro Curvo, denunciou cinco militares interceptações telefônicas ilegais. Foram denunciados três coroneis, um tenente-coronel e um Cabo da PM. São eles, respectivamente, Zaqueu Barbosa, Evandro Lesco, Ronelson Barros, Januário Batista e Gerson Correa Junior. Os cinco vão responder pelos crimes de Ação Militar Ilícita, Falsificação de Documento, Falsidade Ideológica e Prevaricação, todos previstos na Legislação Militar.

 

Recurso

Curvo também anunciou que irá recorrer da decisão do Pleno do Tribunal de Justiça, que indeferiu o pedido de arquivamento da investigação contra membros do Ministério Público (MP). O procurador está convicto que apenas a Procuradoria Geral de Justiça tem prerrogativa para conduzir casos que envolvam membros do órgão.

 

Mantido

Os empresários Luiz Antônio Vedoin e Darci José Vedoin tiveram suas absolvições confirmadas no caso que ficou conhecido como o “escândalo dos sanguessugas”. O Tribunal Regional Federal da a 5ª Região negou pedido de apelação do Ministério Público Federal (MPF) e confirmou a sentença proferida por um juiz de primeira instância.

 

Em dia

O Governo do Estado começou nesta terça-feira (18) a regularizar os pagamentos aos prestadores de serviço do Mato Grosso Saúde. Com essa medida, os atendimentos nas unidades de saúde conveniadas devem ser normalizados o mais brevemente possível.

 

Seven

Ainda no campo do Judiciário, nesta quarta-feira (19) o ex-governador Silval Barbosa (PMDB) deve continuar sua série de confissões. Desta vez, ele falará sobre supostos atos de corrupção que teriam ocorrido na aquisição de um terreno pelo Estado, fato investigado pelo Gaeco no âmbito da Operação Seven.

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei