Domingo, 09 de Setembro de 2018, 08h:05

Tamanho do texto A - A+

Aos nubentes

Grupos midiáticos tentam, através das suas telenovelas, banalizar a instituição familiar

Por: LICIO ANTONIO MALHEIROS

Divulgação

Lício Malheiros

 

Historicamente, a instituição familiar, é a mais antiga entre os seres humanos. A tentativa exacerbada, implementada por parte de grupos antagônicos a continuidade das famílias padronizadas; entre os quais, estão: alguns meios de comunicação de massa, grupos radicais, grupos contrários a esta instituição secular e por ai vai. Estes grupos midiáticos tentam através das suas telenovelas, banalizar a instituição familiar, através da exposição, desnecessárias de casais homoafetivos em horários impróprios, não que sejamos contrários aos homossexuais, cada qual, sabe de sua vida, e tem o direito de escolher sua opção sexual. O problema em questão está vinculado à influência que tais novelas possam causar as crianças que ainda estão em fase de formação da sua sexualidade, principalmente na formação de gênero, que é a condição de pertencer a um sexo, nesta fase a criança começa a definir-se como menino ou menina.  

 

Existem, grupos e correntes que valorizam a família, por conseguinte, o casamento; entre as quais, estão as igrejas que pregam a valorização do casamento, como forma de manutenção da família.

 

Pegando esse gancho, quero parabenizar a todos os nubentes, que se preparam para o casamento. O enlace matrimonial acaba deixando felizes e satisfeitos, principalmente os pais dos noivos, que sonham com esse momento impar em suas vidas, projetando em seus filhos, a oportunidade de uma vida feliz e harmoniosa.

 

Sei que muitos irão me chamar de fisiologista, como o tema em questão aborda enlace matrimonial; nada mais justo  reportar-me ao casamento da minha sobrinha, Isabella Yonezawa Malheiros e Rodrigo Nakao Yabumoto, que irá realizar-se, no dia 7 de setembro de 2018.  

 

A satisfação dos pais é algo imensurável, tendo em vista a  alegria dos mesmos, com essa dádiva, uma verdadeira epopeia,  o enlace matrimonial dos seus filhos.

 

Os pais da noiva, Isabella Yonezawa Malheiros: Marcelo Malheiros e sua esposa Letícia Maria Yonezawa Malheiros. Os Pais do noivo: Ramiro Yabumoto e sua esposa Alice Akemi Nakao Yabumoto. Eles estão radiantes de felicidade, pelo enlace matrimonial de seus filhos, que ratifica a união das famílias Malheiros e Yabumoto.

 

Toda história de amor, tem um início, assim como, “uma folha só cai de uma árvore se for da vontade de Deus”.

 

No caso da Isabella e Rodrigo, não é diferente, eles se conheceram através de um amigo em comum, nessa época, ela com 17 anos. A partir dai, tornaram-se verdadeiros amigos, por ironia do destino, seus caminhos se cruzaram de forma mais intensa, por ocasião, do ingresso de ambos na faculdade, no curso de Direito. Ela com 22 anos iniciam um namoro,  intensificaram o relacionamento,  vindo culminar, com o enlace matrimonial, um sonho de ambos.

 

Esta é sem dúvida alguma, uma grande história de amor.

 

*LICIO ANTONIO MALHEIROS é geógrafo. 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto