Segunda-Feira, 07 de Maio de 2018, 16h:36

Tamanho do texto A - A+

Produtores cobram investimentos e que Governo não desvie recursos

Por: DÉBORA SIQUEIRA - ESPECIAL PARA O HIPERNOTÍCIAS

Alan Cosme/HiperNoticias

antonio galvan

 Presidente da Aprosoja cobra investimentos com Fethab 2

Durante a reunião do Conselho Diretor do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab), o presidente e o vice-presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), cobraram, mais uma vez, que o Governo do Estado direcione os recursos do Fethab 2 ao seu fim específico: às obras de infraestrutura e logística de Mato Grosso e não para uso em outras finalidades, por exemplo, o pagamento da folha dos servidores estaduais da ativa e aposentados. A reunião ocorreu no dia 26 de abril.

 

Além de cobrar que 100% do Fethab 2 seja destinado à construção, pavimentação e restauração das rodovias mato-grossenses, o presidente da Aprosoja, Antônio Galvan, lembrou que a entidade decidiu entrar na Justiça, em assembleia geral no dia 11 de abril, contra o Governo exatamente por esse desvio de finalidade.

 

“Nós não temos mais resposta para dar aos nossos associados. Não temos mais o que dizer sobre o motivo de as obras nas rodovias não andarem, de as estradas estarem na situação que estão. Em 2016, por exemplo, a Aprosoja encaminhou à Sinfra um estudo, incluindo 15 rodovias prioritárias para o setor, e não estamos vendo nada, nem projetos, nem obras, nada. Somos os maiores arrecadadores do Fethab e não temos retorno disso”, afirmou.

 

Os representantes dos produtores de soja e milho lembraram ao secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Duarte, o encaminhando de um ofício datado do mês de março e assinado pelo Fórum Agro Mato Grosso, solicitando a apresentação semanal para as entidades da movimentação da conta específica do Fethab 2 retroativamente a 1º de janeiro deste ano. Além de não se ter resposta sobre o caso, Marcelo Duarte alegou que sequer recebeu o documento.

 

O Fórum Agro MT é uma entidade composta pela Aprosoja, Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Associação Mato-grossense Produtores de Algodão (Ampa), Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Associação dos Criadores de Suíno de Mato Grosso (Acrismat) e Associação dos Produtores de Mato Grosso (Aprosmat).

 

O Governo do Estado já avalia de forma positiva o uso dos recursos do Fethab 2, que segundo a Sinfra, é usado especificamente para a execução de obras, agindo de forma transparente e atendendo ao pedido especialmente do setor produtivo.

 

Em três anos de gestão, o programa Pró Estradas concluiu 2.400 km de asfalto em rodovias estaduais, considerando as obras de construção (1.000 km) e de reconstrução (1.400 km).

 

O conselho aprovou o plano de obras para 2018, que conta com mais de 100 ações que serão executadas pela Secretaria de Infraestrutura e Logística (Sinfra). A Aprosoja se absteve de votar neste item. 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei