Sexta-Feira, 21 de Dezembro de 2018, 15h:51

Tamanho do texto A - A+

Investimentos na agricultura familiar deram novas oportunidades ao produtor rural

Por: REDAÇÃO

Implementos agrícolas, auxílio técnico no manejo, infraestrutura e comercialização mudaram a realidade de pequenos produtores em diversas regiões do Estado nos últimos quatro anos. O saldo positivo de investimentos foi mostrado durante uma reunião de balanço realizada nesta sexta-feira (21) com a equipe da Secretaria Estadual de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf).

 

DIVULGAÇÃO

REUNIÃO

 

Conforme levantamento da secretaria, neste segmento foram feitas mudanças na sede onde ficam os servidores, além da criação de planos de trabalho, criação do Conselho da Agricultura Familiar, inclusão da plataforma com banco de dados.

 

No atendimento direto ao produtor foram investidos cerca de R$ 38,5 milhões para aquisição e entrega de itens como resfriadores de leite (524), tratores (243), bancas de feira livre (640), motocicletas (31), equipamentos de informática (84), caminhões e veículos (65).

 

“O Plano Estadual de Agricultura Familiar criado para desenvolver políticas e critérios é um grande marco que a maioria dos Estados não tem. Esta é uma oportunidade de arrecadar fundos, recursos e eixos essenciais para a nossa agricultura”, destacou o secretário estadual de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários, Corgésio Ribeiro Albuquerque.

 

Em regiões mais distantes como Vila Rica, Confresa, Gaúcha do Norte e Aripuanã os recursos do Governo do Estado beneficiaram mais de 90 famílias em cada uma dessas cidades.

 

“Tivemos um olhar diferenciado e os agricultores são gratos, por conseguirem trabalhar melhor. Em todos os lugares que atendemos a receptividade é excelente e não há dúvidas de que realizamos um ótimo trabalho”, concluiu o secretário.

 

Programas Específicos

 

- Criação do Pró-Café: 500 mil mudas de café clonal foram entregues no Norte e Noroeste de Mato Grosso, 430 toneladas de calcário e 49.500 de fertilizantes, reestruturação de seis viveiros municipais e disponibilização de oito veículos para suporte técnico.

 

- Criação do Pró-arroz: R$ 200 mil financiado junto a Desenvolve MT para 10 famílias de pequenos produtores em Rosário Oeste.

 

- Criação do Pró-pirarucu: repasse de recursos financeiros para instalação da Unidade Regional de Reprodução do Pirarucu em Alto da Boa Vista

- Criação do Pró-banana: revitalização dos viveiros públicos de produção e entrega de 5 mil mudas em Arenápolis.

- Criação do Pró-Peixe: repasse de recursos financeiros para promoção do desenvolvimento da piscicultura em áreas degradadas pela ação do garimpo em Poxoréu e escavação de tanques em vários municípios de Mato Grosso.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei