Quarta-Feira, 07 de Março de 2018, 15h:00

Tamanho do texto A - A+

7º Encontro Sucroenergético reunirá empresários e trabalhadores do setor

Por: DA REDAÇÃO

Divulgação

sucroenergético

 

Empresários e trabalhadores do setor Sucroenergético de Mato Grosso estarão reunidos nos dias 08 e 09 de março, no auditório da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt), em Cuiabá, durante o 7º Encontro Sucroenergético. Ao todo, serão 14 palestras voltadas às melhores práticas do setor no campo e na indústria, com apresentação de cases de sucesso pelos participantes.

 

Entre os temas abordados estão a melhor performance de equipamentos, segurança no trabalho frente a mecanização agrícola, mapeamento de alta precisão e coleta de dados nas fazendas de plantio de cana, fermentação de futuro, eficiência industrial, sistema de alta drenagem e extração e gestão industrial avançada.

 

Conforme o presidente do Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras do Estado (Sindalcool), Silvio Rangel, o objetivo é trocar informações de modo a encontrar soluções em conjunto para redução de custos e eficiência energética. “Também vai ser uma oportunidade para discutirmos os avanços e desafios do setor que está em expansão em Mato Grosso e no país”, afirma Rangel.

 

Este é o sétimo ano consecutivo em que o sindicato, com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-MT), promove o ciclo de atividades. “Diferente dos anos anteriores, desta vez faremos dois dias de palestras e atividades, com o intuito de capacitar e levar mais informação aos agentes que atuam no setor”, explica.

 

O balanço parcial da safra 2017/2018, com dados de 31 de janeiro, aponta para a produção de 16,110 milhões de toneladas de cana moída no estado, em uma área de 220 mil hectares. A destacar o aumento da utilização de milho, com 730 mil toneladas. Esta safra gerou 550 milhões de litros de etanol anidro, 830 milhões de litros de etanol hidratado e 410 mil toneladas de açúcar, somando-se cana-de açúcar e milho.

 

O evento é uma parceria entre o Sindalcool, Senai-MT e a Eutectic Castolin, empresa do ramo de soldagem para a indústria, Good Year, MTec equipamentos, Dedini Indústria de Base e Fermentec, Fort Agrícola. (Da assessoria)

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei