Sexta-Feira, 20 de Abril de 2018, 08h:37

Tamanho do texto A - A+

46ª Exposul deve movimentar mais de R$ 100 mi em 6 dias

Por: DÉBORA SIQUEIRA - ESPECIAL PARA O HIPERNOTÍCIAS

O Sindicato Rural de Rondonópolis lança oficialmente a 46ª Exposul nesta sexta-feira (20), às 16 horas, uma das maiores do Estado em volume de negociações. O presidente da entidade Aylon Gonçalo de Arruda, antecipou ao Hipernotícias que espera movimentar mais de R$ 100 milhões em negócios na edição deste ano que deve ocorrer de 6 a 11 de agosto, no Parque de Exposições.

 

Reprodução

Aylon Gonçalo de Arruda

 

“Nós já chegamos a atingir R$ 170 milhões em comercialização na feira, mas nos dois últimos anos com cenário de crise econômica e crise política que nós tivemos, é natural que teria queda relevante, mas esperamos que nesse ano retome essa comercialização, pois há melhora no cenário político e econômico, além da grande produtividade que estamos tendo nas lavouras”, argumentou. 

 

Ele não quis adiantar quais serão os shows nacionais que devem movimentar a feira, mas comentou que o primeiro dia de evento será com os portões abertos em um show católico e o segundo dia de show será evangélico e espera reunir cerca de 50 mil pessoas. Também está prevista a movimentação de 200 mil pessoas nos seis dias da Exposul, pois a feira é o maior evento da região Sul de Mato Grosso. Os valores do passaporte e o ingresso individual também devem ser anunciados posteriormente.

 

Foram colocados cerca de 90 espaços para expositores de diversos setores da indústria e do comércio e a maioria já foi comercializada. “Já tentamos uns tempos atrás a fazer num formato mais técnico para Exposul voltado para feira de negócios, vitrines tecnólogicas e palestras, mas não atingimos os resultados que esperávamos. A feira de Rondonópolis vai continuar sendo mista de entretenimento e técnica com exposição de animais, exposição genética, torneio leiteiro, leilões, shows e o parque de diversões. Buscamos parcerias para criar ferramentas para que consigamos ultrapassar os R$ 100 milhões de faturamento, como vem ocorrendo nos últimos anos”, disse o presidente do Sindicato Rural.

 

Expoagro

 

Em Cuiabá não haverá Expoagro neste ano, pois o Parque de Exposições passa por reforma. No lugar, será realizado um evento técnico denominado AgroMT, que será realizado de 9 a 12 de julho, das 7 às 18h, fora os leilões que devem ocorrer à noite.

 

A ideia é de que a partir de 2019, o Parque de Exposições possa ter um calendário de eventos durante o ano todo, fazendo da área um centro de eventos do agronegócio de Mato Grosso.

 

O AgroMT promoverá cursos de capacitação, negócios, parcerias e discussões de diversos segmentos. Um dos desafios é integrar marcas, empresários, produtores nacionais e internacionais.

 

Haverá ainda espaço destinado a máquinas e equipamentos, veículos, produtos e serviços à pecuária e agricultura de lançamentos de última geração. Serão atrações a exposição de vitrine tecnológica, uma área de Agro Gourmet e Festival de Comida da Roça.

 

Vários especialistas abordarão palestras de incentivo para alavancar a produção e exportação nos setores agrícolas do estado entre as quatro principais cadeias produtivas no estado: sojicultura, piscicultura, milhocultura e bovinocultura. Além de ficar por dentro das novidades tecnológicas, tendências de mercado e debates sobre políticas no estado.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei